Devia ter, mas não teve!

foilme

Existem aqueles filmes tão legais que deveriam ganhar remake, certo? Semana passada foi assim, falei aqui daqueles que já garantiram uma segunda versão nas telonas. Mas tem os que são tão bacanas que por um motivo ou outro não ganharam uma refilmagem.

Sociedade dos poetas mortos

Eu amo esse filme – ele já apareceu aqui – e apesar de um dos finais mais tristes é um daqueles que mais que merecem uma nova versão. John Keating, papel do Robin Willians, chega para lecionar em uma escola só para garotos e altamente conservadora. São os anos 60 e ele provoca uma revolução entre os alunos quando estimula seus alunos a pensarem, com a antológica frase “Carpe Dien”. Para o papel do mestre, eu escalaria dessa vez Bradley Cooper.

O Clube dos Cinco

Cinco alunos totalmente diferentes – o nerd, o atleta, a gótica, a patricinha e o rebelde – e que nunca sequer trocaram uma palavra na escola, são colocados de detenção por um sábado inteiro, 24 de março de 1984. Ali, trocam segredos e seus medos em relação a vida adulta. Dessa vez, escolheria para os papéis: Nat Wolff, Ansel Elgort, Jenniffer Lawrence, Lily James e Cameron Boyce.

Sonho de verão

Brazuca na lista! Esse filme é meu favorito da vida inteira, daqueles que eu poderia ver milhões de vezes (e já falei um outro tanto aqui!). Sérgio Mallandro é Léo um cara pra lá de irresponsável que pra conquistar a garota que quer, se faz passar pelo sobrinho dos donos de uma mansão e que estão viajando. Agora Léo é Murilo Benício, que tal?

Curtindo a vida adoidado

Atire a pipoca quem falar que nunca viu esse clássico de Sessão da Tarde. Ferris Buttler  – Matthew Broderick – finge que está doente para matar aula e resolve dar uma tarde especial ao seu melhor amigo Cameron e a namorada Sloane. Pega o carro do pai de Cameron, uma Ferrarri e passear pela cidade. Destaque, claro, para a cena em que ele dança no meio da rua. Quem já viu o filme, sabe o que dá quando ouve “Twist and Shout”. O trio de protagonistas, ao meu ver, ficaria por conta de Alex Pettyfer, Skandar Keynes e Shailene Woodley.

Anúncios

Ao mestre, com carinho.

Hoje é dia do mestre, do professor! Para homenagear aqueles que nos ensinam tanto e tem tanto amor e carinho para dar (pois a missão de educar o ‘filho’ alheio não é fácil e tem que ter disposição.) resolvi fazer uma lista de filmes em que esse ser que é tão importante na nossa vida.

#1. Sociedade dos Poetas Mortos:

20293204

Oh Captain, my Captains. Só de lembrar desse filme, começo a chorar pela ausência do querido Robbin Willians #rip. O longa conta sobre alunos de uma rigorosa escola só para meninos em que predominavam valores conservadores. John Keating (Willians), um professor de literatura vem para inspirar seus alunos a buscar seus objetivos. Eles fundam então o clube da “Sociedade dos Poetas Mortos”cujo lema é: Carpe Diem,  ou seja: aproveite o dia. Lindo! Prepara o lencinho!

#2. Ao mestre, com carinho.

20293280

O filme que leva o nome do post é um clássico! O filme, de 1967, é estrelado por Sidney Poitier, conta sobre um professor idealista que tem que lidar com adolescentes problemáticos e excluídos socialmente. Destaque para a canção To sir, with love que é linda.

#3. Um tira no jardim da infância

20621739
Quem poderia imaginar que o Arnold Schwarzenegger seria tão fofo e dócil em meio a tantos músculos? Pois bem, ele é nesse filme! Policial, ele e a sua parceira vão procurar uma pista sobre um bandido que fugiu da prisão. Para disfarçar, ela trabalharia de professora no jardim de infância. Mas na véspera, adquire uma infecção e para não atrapalhar nas investigações, vai no lugar da sua parceira. Apesar do tamanho, ele logo conquista o carinho e a admiração de todas as crianças.

#4. Curso de verão:
summerschool_02

O professor de educação física tá pronto para curtir as suas férias quando é interpelado e obrigado pelo diretor a ocupar a vaga de um curso de férias de verão para alunos que foram reprovados. Só que o tal diretor ameaça Shoops falando que ele vai ser demitido, caso no fim do curso os alunos não sejam aprovados. Filme bem anos 80, vale a pena.

#5. Glee: menção honrosa. Mr. Schue

Vocês devem tá se questionando que ‘mas Glee é uma série, não filme’. Sim, eu sei. Mas o Mr. Schue tem que figurar nessa lista como um dos professores mais fofos e carinhosos dos últimos tempos na ficção! Quem, como eu, acompanha o seriado, sabe do que estou falando e bem, ele dispensa apresentações, não é? Além de professor, ele é um grande amigo dos seus alunos tratando-os de igual para igual. Através de grandes ensinamentos, ele mudou a vida de todos do Glee Club. Dá o play.

 

Aos meus professores sejam eles dos tempos do colégio ou da faculdade, eu só tenho a agradecer por toda a paciência, ensinamento, palavra amiga, dedicação e carinho dedicado em todas as horas. Obrigada por tudo!