Ô abre alas – Carnaval parte 3

Foliões! Tá chegando a hora! Falta apenas uma semana pro Carnaval. E se antes eu falei de Salvador e de Recife/Olinda, o terceiro post especial é da festa na Cidade Maravilhosa. E hoje quem fala sou eu mesma! Preparados? Assim como na Bahia e em Pernambuco, Carnaval aqui no Rio de Janeiro é bem democrático. Por ser uma cidade grande, existem opções pra todos os gêneros.

Vamos começar pelos blocos. Gratuitos, você encontra de todos os estilos musicais. Tem pro fã de sertanejo, de pagode, de axé, de marchinha, de funk e de música pop. Tem até aquele que toca de tudo um pouco! Dica: fuja dos tradicionais (Bola Preta, Banda de Ipanema e de cantoras famosas como Anitta e Preta Gil), que lotam e você não acaba curtindo tanto. Detalhe: você escolhe se prefere ir de dia ou de noite.

Um outro conselho é: escolha blocos que saem perto de praia. Explico: como o carnaval rola em fevereiro e ainda é verão, os dias são bem quentes. Além de ser mais frescos, se você cansar de pular, a ideia é partir pra pegar um bronze na areia e se refrescar no mar.

Se você é fã de uma boa escola de samba, o ideal é já curtir algum ensaio de quadra que começam em outubro, com a escolha do samba enredo. E de dezembro até o último findi antes do carnaval começar, lá na Sapucaí, rola os ensaios técnicos, de graça. A cada final de semana, escolas da série A e de Acesso, usam o espaço pra saber como fica na Avenida.

E de sexta até segunda, rolam os desfiles propriamente dito. E eles são pagos e o valor depende do setor. Eu nunca fui, só consigo acompanhar pela televisão mesmo.

Mas se você tá fugindo de tumulto, a dica é dar uma de turista e aproveitar a praia e cachoeiras que a cidade oferece e que em dias normais. A minha sugestão é ir pra Zona Oeste – Recreio e Guaratiba – que são mais sossegadas.

De resto, é só tomar alguns cuidados durante esses cinco dias, escolher uma fantasia bacana, se jogar no brilho. E ai, decidiu qual o seu destino na próxima semana?

Anúncios

Paulistas x Cariocas: o vídeo!

Nunca contei aqui, mas entre 2008 e 2011 (ou menos, talvez!) eu tive um blog, já deletado. Ainda era uma mera estudante de jornalismo e quis me aventurar na parte da escrita, mas nada muito profissional. Dava na telha de escrever um assunto X, abrir o blogspot e tcharan. Post novinho. Escrever o texto, sem lead, sem saber se o feedback era ok, sem pensar. Aprendi muito que vocês nem imaginam!

1240631_10151834447093901_585803596_n

Nós duas no RiR/2013

E entre tantas coisas bacanas que a internet proporciona foi nesse momento também que veio as amizades. E a primeira, sem dúvida foi a Camilla, que também tinha um blog. Era 2009, o momento era conturbado pra mim. Ela, terminando a faculdade, também de jornalismo. Eu, na metade e sem saber que rumo tomar. Emails e mais emails trocados quase que diariamente. Sim, meus caros. O whatsapp nem tinha dado as caras por aqui.

O tempo passou, nos conhecemos pessoalmente e ficamos mais unidas. Rimos, bebemos, brincamos e nos entendemos pelo olhar já, mesmo com pouca convivência. A Cá é daquelas amigas loucas que embarcam na suas maluquices e teorias sem te julgar! Dividimos nosso amor pelo ator Marco Pigossi, olha! Somos fãs de novelas antigas e até já temos o projeto de escrever a nossa a quatro mãos.

Até que resolvi largar minha vida em 2014 aqui no Rio e passar uma temporada pra fazer um curso lá em São Paulo, cidade em que a Camilla vive. E quem estava comigo, na mesma sala de aula? A Camilla, claro! Tanto ela quanto a família e os amigos me receberam super bem.

10262023_10152095627226434_590237997995634787_n

Aniversário da Cá – SP, 2014

E foi entre uma aula e outra sobre o que a gente ama – o Jornalismo Feminino -que o mosquitinho do blog picou nós duas novamente e o cantinho dela – o Fik Dik – nasceu poucos meses antes do Entre Nós. E desde o comecinho do ano, a Camilla resolveu se aventurar no mundo dos vlogs! Metida que sou, quando soube que ela iria passar no começo do mês um findi aqui em terras cariocas, fui bem direta: ‘Quero participar do seu canal!”. E como deu pra perceber lá no título, o tema foi beem bacana: falamos – e muito! – as diferenças que existem entre os Paulistas (Camilla) e Cariocas (Eu, Natália).

Espero que vocês curtam e se divirtam tanto quanto nós duas curtimos gravar! E aquilo que vocês já sabem: dá o like e se inscreva no canal. Quem sabe, um dia, não me animo para fazer um canal meu também. Só dar play no vídeo abaixo:

Rio, eu gosto de você!

Hoje, no dia 1° de março, a cidade do Rio de Janeiro comemora seus 450 anos. E, para mim, não existe melhor lugar para morar do que a chamada Cidade Maravilhosa, mesmo com todos os nossos problemas. Por exemplo, no verão – e em todas as estações também –  existem alguns lugares bem especiais para curtir e eu já falei deles por aqui. Mas não é só por isso que torna o Rio de Janeiro uma cidade encantadora. Quer ver só?

 Yes, nós temos praia! E de todos os jeitos

10995272_864776690235910_550049285_n

Praia do Recreio – dia de semana, praia particular. 😍

Tudo bem, não é só no Rio de Janeiro que existe praia, eu sei disso. Outras cidades também possuem, mas mesmo assim aqui podemos encontrar desde as mais cheias e famosas como Copacabana e Ipanema – conhecidas no mundo todo – até praias que em dia de semana são tão desertas que podem ser consideradas particulares, como no Recreio dos Bandeirantes (a minha preferida, diga-se de passagem!). E, não só isso: nós temos a melhor dupla de todos os tempos: biscoito O Globo e Mate com Limão!

O nosso Carnaval é o melhor

0000001 00001

Foi mal, Salvador. Foi mal, Ouro Preto. Mas acho que sim nosso Carnaval um dos melhores e mais bem feitos no mundo. Por aqui, tem para todos os gostos e gastos: tá sem dinheiro, pode se jogar nos milhares de blocos gratuitos (sem esse lance de corda, pipoca e abadá) – e que tocam desde as típicas marchinhas até blocos temáticos como “Chora, Me liga” (sertanejo), “Favorita” (funk) e “Sargento Pimenta” (Beatles). E se tem uma grana sobrando e curte, pode aproveitar a data na Sapucaí durante esses quatro dias em um dos melhores espetáculos da Terra.

O ano novo aqui é o maior do mundo:

copacabana-2

Em Copacabana, bairro da zona sul carioca, ocorre todo dia 31 de dezembro o maior Réveillon do mundo: nada mais, nada menos que aproximadamente 2 milhões de pessoas vão curtir a virada de ano na chamada princesinha do mar. Tá bom para você?

Cariocas são bonitos, bacanas … e receptivos!

Desculpa, galera de outros estados, mas uma coisa a maioria tem que concordar: nós, cariocas somos bem simpáticos e receptivos principalmente com turistas. Pra tudo e todos damos papo, puxamos conversa e fazemos amizade eterna com uma facilidade incrível! Não se espante ao conhecer um carioca e ele te cumprimentar com dois beijos no rosto e um abraço caloroso!

Short e havaiana são nossos uniformes

 Havaianas-1

Informalidade é nosso sobrenome. Não se assuste ao ver um morador do Rio de short e havaiana em um shopping, por exemplo. Ou até no barzinho com amigos. Não torça o nariz quando der de cara com alguém vestido dessa forma no aniversário do seu amigo. Isso não é questão de desleixo não, meus caros. Além de sermos bem irreverentes no modo de nos vestir, o calor é tanto que é a melhor pedida mesmo.

Nosso sotaque é o mais legal.

Dizem que falamos chiando.. e eu acho um absurdo comentarem isso só porque na nossa boca biscoito sai como bixxxxcoito, esquenta vira ixxxquenta e espelho para nós, cariocas é como se fosse ixpelho. Podem confessar, nosso sotaque é o mais lindo do mundo!!

A nossa vista é uma das mais lindas

 10173815_10152313343503901_1886861345220724701_n 10428717_10152849677658901_5711697820738480945_n

Desculpa, São Paulo e sua selva de pedra e prédios para tudo que é lado. Mas é impossível ficar de mau humor quando do alto de um prédio, passeando no terraço de um shopping ou indo para o trabalho, você pode dar aquela espiadinha esperta seja no Cristo Redentor, Pão de Açúcar ou em alguma praia, dependendo do lugar que você se encontra, claro. Não importa o horário, a vista é sempre ma-ra-vi-lho-sa!

1939620_10152213199983901_870617551_n 1545901_10152117432193901_2025545205_n

fotos: arquivo pessoal e Google.

[Resenha] “Os homens são de marte..”

Confesso, sou (muito) fã do gênero mulherzinha tanto em termos de livro quanto de filmes e séries. Não me convide para ver nada que seja do estilo ‘tiro, porrada e bomba’ que vou sim, torcer o nariz. Foi por isso que me encantei ao primeiro episódio da série “Os homens são de marte…”, estrelada pela Mônica Martelli e que passou recentemente, entre os meses de setembro e dezembro, no canal GNT.

Sem títuloSe você viu o filme e curtiu, provavelmente vai adorar a série que praticamente segue a mesma linha de raciocínio. A história gira em torno de Fernanda – personagem da Mônica – que tem uma empresa de eventos cujo o sócio é seu melhor amigo gay, Aníbal (Luís Salén) que tem um casamento sólido com Edgar (Gustavo Machado). Pra completar o trio, temos a Natalie, interpretada pela Julia Rabello, a melhor amiga deles que é uma atriz frustrada, completamente insana e divertida.

hsm-01-620

Quarentona e divorciada, Fernanda é uma das pessoas mais azaradas quando o assunto é amor (acho que ela só perde para mim) e jura de pé junto que o cara do momento é o amor da sua vida. Tudo o que ela quer é formar uma família feliz: marido e filhos. E precisa ser logo, pois segundo ela, o relógio biológico já está dando sinais de alerta.

S1HSM-1Logo nos primeiros episódios, ela se envolve com Cláudio, personagem do lindo ator Carmo Della Vechia e que na metade da temporada termina tudo com ela por email, sem maiores explicações. Como toda mulher, ela sofre mas consegue superar e dar a volta por cima. Quando ela pensa que tudo são flores, arruma um cara bacana que era apaixonado por ela, ele volta e bagunça tudo.

Vida real? Muito! Impossível você que está lendo não ter passado por isso ou ter no mínimo uma amiga ou conhecida que também sofreu desse modo. Vai, atire a primeira pedra se você faz parte desse time! Então se você é dos que adoram esse gênero, pode ver sem preocupações que eu garanto: vai amar!

Sem títulop

Não dá pra contar muito mais da série (mesmo achando que já contei muito), mas o figurino é incrível, do estilo #queroter, a trilha é m-a-r-a (Lulu Santos, Marisa Monte, só para você ter uma ideia!), a fotografia e os lugares das cenas externas (a história se passa no Rio de Janeiro) são de babar. No meu caso, além disso tudo, rolou uma baita identificação com pelo menos um acontecimento na vida da protagonista.

São treze episódios no total e bem curtinhos, não chega a meia hora de duração com histórias independentes e que tem um começo, meio e fim. Ótimo para reunir as amigas em uma festa do pijama regada a muitos comes e bebes (não esqueça do item obrigatório de noite das garotas: brigadeiro)

Para quem tem televisão a cabo da NET, boa notícia: é possível assistir tudo pelo canal NOW (era lá que eu via!) ou no site do canal GNT. E, ah, uma ótima notícia: a segunda temporada tá mais que garantida!

(fotos: Google)

Makes pro seu carnaval

Para aqueles que gostam uma boa notícia: amanhã – finalmente – começa o Carnaval !!! Nesses dias a palavra principal é ousar e se jogar (com moderação) na folia. Nessa época, se você for curtir seja blocos no Rio de Janeiro, trio elétrico em Salvador, ladeiras de Ouro Preto ou Diamantina ou desfilar por alguma escola de Samba tá liberado usar aqueles looks e maquiagem que no nosso dia a dia não é possível, né?

Maquiagem colorida

Sem título

Carnaval nada mais é do que um festival colorido, não é? Invista naquelas cores que você não costuma usar no seu dia a dia e faça um mix de cores. Azul e verde? Pode. Rosa e amarelo juntos? Também pode. Agora para quem gosta de ousar um pouco mais, o brilho nos olhos também tá liberado!!! O mesmo serve para os lábios, que você pode colocar aquele batom que não usa pra balada. Esqueça a moderação nesses dias de folia. Ah, uma dica: como estamos no verão, não pese na hora da make completa. Vai ousar no olho? Pegue leve no batom. O mesmo serve se você quiser dar um ‘up‘ nos lábios: seja discreta nas sombras!  Afinal, ninguém vai querer ser confundida com maquiagem de palhaço sem ser, não é?

Cílios postiços

cilios-artisticos

Se o seu lema esse ano é ‘ousadia e alegria’, meu bem, esse item é para você! Daquelas que querem chocar, sabe? Invista nos famosos cílios postiços. Não, não falo daqueles que servem só pra alongar os nossos naturais não. Tem 1001 opções, um mais louco atrevido que o outro, dos mais simples e coloridos até os que são um exagero. Coragem pura!

Pedrinhas

Sem título1

Uma outra opção para você que quer usar algo diferente do dia a dia, são aquelas pedrinhas, sabe? Geralmente elas são de tamanhos diferentes e usadas como você quer, não existe um padrão pra isso. O bacana é tentar colocar na mesma posição nos dois lados, né pra não ficar aquela baguncinha. Mas óh, isso não é regra. Para aquelas que não levam o mínimo jeito como eu, o bom é ter quem aplicar em você.

Pinturas no rosto

Sem título3

Esse aê é nível hard de dificuldade e tem que ter uma outra pessoa pra fazer (mas se você sabe fazer, parabéns!) e o bom é combinar com a sua fantasia né? Ou foca só na maquiagem para não rolar poluição visual, galera! Menos é sempre mais, sempre!

Ah e ainda tá com dúvidas do que vestir? Eu já falei aqui de fantasias bem baratinhas, com peças que você tem em casa mesmo sem gastar muito. E para curtir melhor esses dias intensos e de folia nesse post dei dicas de como aproveitar melhor o Carnaval.

Como aproveitar melhor o Carnaval

Já dizia a canção do Jorge Ben, “País tropical“, em “fevereiro tem carnaval” e é um dos maiores feriados que existe no ano, com cerca de cinco dias, de sexta até quarta e o bom é que todo mundo consegue aproveitar.

1622797_10152232083798901_876660073_nSeja caindo na folia ou desfrutando de um descanso. Para você, que assim como eu, pretende curtir quase todos os dias pulando, é bom ficar atento em algumas dicas pra não passar perrengue pra curtir os cinco dias de festa.

images

Use roupas confortáveis

Mulherada, esqueça o salto durante a folia, mesmo que você saiba andar. Você tem outros 360 dias para usar, de verdade. Prefira por tênis ou sandálias fechadas em lugares que for mais cheio ou tumultuado. Dependendo de onde você vai curtir (bloco, trio elétrico, desfile de escola de samba), chinelo ou sandálias de dedo são uma roubada porque podem acabar pisando no seu pé.

roupascarnaval_01

Para as roupas, dê preferência a tecidos leves, como shorts e blusas. Caso a folia seja perto de praia, biquíni por baixo é a melhor pedida para se quiser, curtir uma antes/depois do bloco. Particularmente não sou adepta de fantasias, prefiro melhorar o meu look  com acessórios divertidos e coloridos e um make legal que me deixam mais a vontade para curtir o dia inteiro.

Se hidrate e não exagere nas bebidas alcoólicas

hidratação no carnavalBom, acho que essa dica é a ideal para que você não tenha problemas durante o carnaval e não vá parar no hospital. Como é uma época de verão e o normal do tempo é o calor ou pelo menos abafado, a solução é beber bastante água, suco, isotônicos ou água de coco  para repor o líquido que você perdeu, no mínimo dois litros/dia. Tudo bem que você é adepto de uma cervejinha ou caipirinha para curtir a folia do Momo, mas tente intercalar com alguma água (que elimina mais rápido o álcool), ok? E nada de beber de estômago vazio. Ah, e se beber não dirija! Sempre!

Não se esqueça de se alimentar

refeições leves e carboidratos no carnavalNada de ‘ah, mais tarde eu como’. Ninguém quer desmaiar no meio da diversão, não é mesmo? Então, tire pelo menos uma hora entre um bloco e outro (se programe antes pra isso, ainda mais se a distância entre os dois for grande!) para se alimentar. E nada de saladinha ou ‘algo para beliscar’. O ideal mesmo são as refeições a base de carboidratos (massas!), pra poder manter o pique e te dar energia. Fuja de comidas gordurosas e frituras e veja bem se o lugar que você escolheu prepara os alimentos direito (intoxicação alimentar no meio do carnaval não, né?).

Dormir bem é fundamental

ÍndiceEssa dica é meio difícil de seguir, principalmente para aqueles que curtem as quase 24 horas de todos os dias do carnaval, mas é super importante dormir entre 6 e 8 horas por noite se quiser chegar ao final bem e no pique. Ao se programar para se jogar nos blocos (ou desfile das escolas de samba ou trio elétrico), veja o melhor horário para descansar, ok?

Use filtro solar

levar para o carnavalAssim como o Pedro Bial nos disse naquele texto, essa é uma outra dica pra seu carnaval ser perfeito: use filtro solar, não importa se está muito sol ou ‘ah, o tempo tá nublado nem precisa’.. tem que usar sim. Se estiver muito sol, o ideal é o bloqueador solar que ai no fim ninguém vai ficar com aquela marquinha de camiseta e óculos. Já para os lábios não ficarem rachados e sempre hidratados, use um protetor labial que cabe no bolso do short, vai

Dicas anotadas? Agora só nos resta esperar o dia 13 de fevereiro e curtir !

(fotos: Google)

[Especial Verão]: Points do Rio de Janeiro

“Rio, 40 graus. Purgatório da beleza e do caos”. 

Se tem uma coisa que eu me orgulho é de morar na considerada cidade maravilhosa. E como o verão finalmente chega hoje, a melhor coisa é aproveitar os points do Rio para curtir a estação mais gostosa do ano, que os dias terminam mais tarde. Separei alguns lugares que eu curto muito. E o que é melhor: a maioria bem baratinho ou quase de graça. Vamos lá?

  • Jardim Botânico

Locação preferida de 9 entre 10 casais para seu book de casamento ou para grávidas. Mas o lugar é lindo e escolhido com razão. Criado em 1808, depois da vinda da família Real pro Brasil, o Jardim Botânico é bom para fazer piquenique (caso não me engane, tem uma área exclusiva), passear com amigos e levar a criançada para andar de bicicleta. Dentro do JB, tem uma lanchonete, caso não queira levar lanches. Fui em um sábado de verão, numa tardezinha bem legal para passear. Dica: para quem gosta de tirar fotos, o lugar rende ótimos cliques!

 Sem título-1

O ingresso custa R$ 7 (crianças até  7 anos e adultos depois dos 60 não pagam) e o horário de funcionamento é de 12hrs até 17hrs as segundas e nos outros dias ele abre as 08hrs e fecha as 17 hrs.

Pra saber mais informações, clique aqui.

  • Praia do Recreio

Sem título-3

Esquece Copacabana, a princesinha do mar. Esquece Leblon, praia preferida da Helena e do Maneco. Praia boa pra mim é a Praia do Recreio, na Zona Oeste do Rio.  Calma, tranquila, sem quase nada de turista. O visual? Incrível! Bom para ir com amigos no fim de tarde para jogar conversa fora. E se quiser algo ainda mais tranquilo você pode escolher entre a praia da Reserva ou a Prainha, que só podem chegar lá de carro.  Ou seja, filtra ainda mais os frequentadores. Tem restaurante, mercado e padaria tudo por perto, fora os quiosques que ficam na calçada a disposição de todo mundo.

 

  • Pão de Açúcar/Morro da Urca

Sem título-2

Um dos melhores visuais do Rio de Janeiro. Sério. Aquele momento que você agradece por morar aqui. Tem dois modos: pelo bondinho ou pela trilha. Pelo bondinho você paga um preço bem salgadinho (R$ 62). E pela trilha, bom, pela trilha é de graça. Ela é aberta entre 7 e 18 hrs. Demora mais ou menos 1 hora, tem um pouco mais de 1 km de extensão e tem nível médio. Eu fiz no último verão e foi bem legal. Vale suuuper a pena no fim, no visual. E ah, calma! Subiu e tá com preguiça de descer? Depois das sete, para quem fez a trilha, a descida pelo bondinho é de graça. Ou seja: vá!

Quer saber mais detalhes da trilha? Clica aqui que você descobre. Ou quer saber como faz pra ver esse visual pelo bondinho? O site é esse.

  • Mureta da Urca

Sem título-4
Amor incondicional pela Mureta da Urca. Recentemente, em conversa com duas amigas uma falou: “mas qual a graça da Mureta, gente? É um muro, com um bar lotado que as pessoas ficam bebendo. E só”. Concordo. Mas o visual é incrível, o clima é incrível. Bom, sou suspeita para falar, já que a Urca é meu bairro preferido desde sempre. O esquema é o seguinte. Saiu do passeio ou do almoço em família mas ainda é cedo pra cair na night? Vá pra lá curtir o pôr-do-sol, encontrar os amigos e beber ou só colocar o assunto em dia. Fui num pós Jardim Botânico  no começo do ano e adorei, fiquei até as 21.

*fotos: acervo pessoal, acervo das amigas e Google*

Coleção Risqué Primavera Verão 2015

Quem não gosta de viajar que atire a primeira pedra! Você conhece novas culturas, novos lugares e novas pessoas. Já dizia Amyr Klink, que um homem precisa viajar. Pensando nisso, a Risquê, lançou ontem (26/08) a sua nova coleção de esmaltes Primavera-Verão/2015, inspirada justamente nesse prazer, a linha Bagagens & Viagens que chega nas drogarias em setembro.

O conceito dos seis novos esmaltes foi inspirado em cores, sabores, monumentos e cultura de lugares de destinos conhecidos, ganhando um olhar diferente e não literal, interpretado por quem justamente conhece: os viajantes. Todos os seis nomes foram criados de expressões locais, e que são comumente utilizados em legendas de fotos nas redes sociais.

Vamos conhecer as cores que vão estar nas nossas mãos nos próximos meses?

 

10556326_786011751454938_3422882863076638705_n

Nova coleção primavera verão da Risqué: Bagagens e Viagens

  • Ora Pois, Lisboa: Não misture alhos com bugalhos, o azul dos Azulejos Portugueses ganhou uma releitura metalizada.
  • Ciao Milão: Mamma Mia, que terroso incrível.
  • I S2 NY: Oh my God! Esse vinho merece um brinde!
  • Are Baba, Índia: É cinza? É violeta? É tudo ao mesmo tempo… Atcha! Atcha! Atcha!
  • O Rio continua lindo: Lindo e cheio de graça, esse nude arrasa por onde passa!
  • Viva México!: Arriba! Arriba! Um laranja picante e alegre para celebrar a vida.

Segundo a diretora de Marketing da marca, Daniela Brillha a nova coleção é acima de tudo uma concretização do novo e posicionamento e da nova assinatura da Risqué. “Traduziu a experiência e a riqueza dos destinos do mundo em cores e nomes muito divertidos. A grande bagagem de uma viagem está nas memórias e nos aprendizados que trazemos. Por meio das cores, imaginamos os lugares ou viajamos de volta a eles”, ainda afirmou Daniela.

E não é só essa a novidade. Com um novo design, os novos vidrinhos vem com um novo pincel que promove uma aplicação perfeita, além de uma fórmula totalmente hipoalergênica e uma embalagem super moderna!