[TemQueLer]: Mentira Perfeita

livro

Lembra que falei nesse post aqui que eu tava lendo um spinoff e em breve traria a resenha aqui? Bom, chegou a hora de falar do meu primeiro livro lido em 2017: Mentira Perfeita, da Carina Rissi.

Atenção: contêm spoiller, ok?


Sinopse: Com Mentira Perfeita, Carina Rissi prova mais uma vez que o seu forte é contar boas histórias, com ritmo acelerado e repletas de paixão, humor e reviravoltas. Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente… Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

Autora: Carina Rissi

Páginas: 462

Editora: Verus


Júlia trabalha na L&L – a empresa que a Alicia, mocinha do “Procura-se um marido” herdou – na área de TI e vive com a sua tia Berenice e que tem um carinho especial, já que foi ela que a criou. Preocupada com o estado de saúde de Tia Berê, que precisa de um novo coração, Júlia inventa que tá namorando em uma das crises da senhorinha.

Empolgada, a tia pega todas as economias guardadas pro transplante pra pagar a festa de casamento dela. E, Júlia entra em desespero.. até porque não existe noivo! Quando ela faz um favor pra uma colega de empresa, ela conhece Marcus, cunhado de Alicia e a antipatia é imediata. Alguns dias depois, o carinha descobre o problema dela e resolve ajudar..

Mas Marcus não é tão bonzinho não. Ele, que não pode mais andar por causa de um acidente alguns anos antes tá louco pra morar sozinho e pra convencer seus pais precisa arrumar uma cuidadora. E é ai que a Julia entra. Ele convence a jovem a se passar pela cuidadora, enquanto Marcus é o seu noivo de mentira pra tia Berenice, que adora o rapaz logo de cara.

O que achei bem bacana nesse livro foi alguns temas que não são muito levados em conta e são tratados de uma forma bem importante: transplante de órgãos e acessibilidade.

Apesar do enredo bem clichê – eles se apaixonam, negam, não se declaram e todo o circulo vicioso existentes em romance – típico das histórias do gênero, a leitura é bem agradável fofa.

 

Anúncios

[TemQueLer]: Procura-se um marido

Se tem uma coisa que eu gosto e valorizo é a literatura nacional: sou fã de vários autores brasileiros. E quando se trata do gênero chick lit, melhor ainda! O livro do #TemQueLer de hoje é o da Carina Rissi, “Procura-se um marido”. E foi quando eu conheci o trabalho dela.

A autora também é bastante conhecida pela galera como a escritora da série “Perdida”, mais um que tá na imensa lista de livros a se ler. Ano passado eu li “No Mundo da Luna” – meu favorito até agora – e que já falei dele bem aqui.


Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel.

Autor: Carina Rissi
Editora: Verus (Record)
Páginas: 474
Ano: 2012


Alicia é a chamada jovem menina rica. Leva a vida do jeito que quer sem pensar no amanhã. E é quando o seu avô Narciso, sua única referência de família, falece e deixa uma clausula bem importante no testamento: ela só assume a herança quando estiver casada.

Por conhecer a neta tão bem, Vô Narciso toma essa decisão esperando que a jovem tome um rumo na vida. E é ai que Alicia se desespera. Aos 24 anos, nunca trabalhou e precisa de uma hora pra outra, saber como funciona o império deixado por seu avô. E é ai que entra o mocinho, Maximus.

Como todo conto de fadas – moderno ou não – eles se apaixonam e ficam naquele vai e vem. O final, como todo livro do gênero é bem claro e nem precisa falar.

Carina tem uma escrita que te empolga e que te faz querer mais e mais. O livro fica então leve e prático. Não lembro em quanto tempo eu terminei. Pra quem já leu ou ficou interessado: existe uma espécie de continuação da trama,  que é o meu livro atual: “Mentiras Perfeitas”, e que é o último lançamento da autora.

#TemQueLer: “No Mundo da Luna”

A melhor coisa para quem curte ler é: se identificar com um personagem ou só com a história. Em uma das minhas idas nas livrarias para saber as novidades, encontrei por acaso, o livro do #TemQueLer de hoje, ‘O Mundo da Luna’, da escritora Carina Rissi. Essa é a segunda publicação dela que leio, a primeira foi ‘Procura-se um marido’, há uns dois anos. Além desses, a autora tem outros livros lançados e de bastante sucesso.

Como leitora voraz (e quem sabe, futura escritora!), eu valorizo e muito a literatura nacional e procuro sempre novos autores e histórias, já que, na minha opinião é um mercado em expansão. E também sou daquelas que a-m-a um livro bem mulherzinha. Uhum.


A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome.
Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?
Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.

Autor: Carina Rissi
Editora: Verus
Número de Páginas: 476
Ano de Publicação: 2015


Luna é uma jornalista recém-formada que trabalha… como recepcionista da revista Fatos&Furos. Ela só aceitou o convite pois o editor era nada mais, nada menos do que Dante Montinni e ela é fã do cara. Até descobrir que ele é um grosso e insuportável. Além disso, descobriu que o seu namorado Igor, traia ela com a vizinha. Ela mora com a melhor amiga Sabrina e é descendente de ciganos.

O problema começa quando a repórter responsável pela coluna de horóscopo é chamada para trabalhar na concorrente e Luna, vendo ai uma oportunidade de se tornar uma jornalista de fato, aceita o pepino. O problema é que ela não conhece na-da de astrologia e afins.

Ela recorre então a um baralho de uma famosa cigana para conseguir escrever e a coluna é um sucesso, já que segundo as leitoras, tudo que tá lá, acontece. Claro que como em todo romance que se preze, em meio de tudo isso há muita confusão por parte da nossa prota.

Não tem como se apaixonar pela Luna e todos os personagens da história da Rissi, de verdade. Ela consegue te envolver de certa forma que é como se na metade do livro você se identifica tanto, mas tanto que acaba se tornando íntima e (querendo ser) amiga de todos!