Ô abre alas – Carnaval parte 3

Foliões! Tá chegando a hora! Falta apenas uma semana pro Carnaval. E se antes eu falei de Salvador e de Recife/Olinda, o terceiro post especial é da festa na Cidade Maravilhosa. E hoje quem fala sou eu mesma! Preparados? Assim como na Bahia e em Pernambuco, Carnaval aqui no Rio de Janeiro é bem democrático. Por ser uma cidade grande, existem opções pra todos os gêneros.

Vamos começar pelos blocos. Gratuitos, você encontra de todos os estilos musicais. Tem pro fã de sertanejo, de pagode, de axé, de marchinha, de funk e de música pop. Tem até aquele que toca de tudo um pouco! Dica: fuja dos tradicionais (Bola Preta, Banda de Ipanema e de cantoras famosas como Anitta e Preta Gil), que lotam e você não acaba curtindo tanto. Detalhe: você escolhe se prefere ir de dia ou de noite.

Um outro conselho é: escolha blocos que saem perto de praia. Explico: como o carnaval rola em fevereiro e ainda é verão, os dias são bem quentes. Além de ser mais frescos, se você cansar de pular, a ideia é partir pra pegar um bronze na areia e se refrescar no mar.

Se você é fã de uma boa escola de samba, o ideal é já curtir algum ensaio de quadra que começam em outubro, com a escolha do samba enredo. E de dezembro até o último findi antes do carnaval começar, lá na Sapucaí, rola os ensaios técnicos, de graça. A cada final de semana, escolas da série A e de Acesso, usam o espaço pra saber como fica na Avenida.

E de sexta até segunda, rolam os desfiles propriamente dito. E eles são pagos e o valor depende do setor. Eu nunca fui, só consigo acompanhar pela televisão mesmo.

Mas se você tá fugindo de tumulto, a dica é dar uma de turista e aproveitar a praia e cachoeiras que a cidade oferece e que em dias normais. A minha sugestão é ir pra Zona Oeste – Recreio e Guaratiba – que são mais sossegadas.

De resto, é só tomar alguns cuidados durante esses cinco dias, escolher uma fantasia bacana, se jogar no brilho. E ai, decidiu qual o seu destino na próxima semana?

Anúncios

Bem vindo a Salvador – Carnaval, parte 1.

Fevereiro já chegou e advinha o que temos? Sim, isso mesmo: CARNAVAL. Cinco dias de descanso ou de folia pra quem curte. Esse ano eu preferi coisas mais leves – 31 chegou com força! – mas pedi pra uma amiga – Luciana Santos – contar como é as coisas por Salvador. A Lú é minha amiga de São Paulo e apesar de morar na terra da garoa é baiana de alma e coração. Confere só.

Quem aqui já pensou em passar o carnaval na Bahia? Pois é, com certeza você já ouviu muitos comentários sobre um dos maiores carnavais do país!  Afinal, somente em Salvador é possível ver a Daniela Mercury cantando ao som de um piano em cima do palco, ou Ivete, Gil e Caetano cantando juntos.

Como atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu, diz a lenda, e como você está vivo, não importa a sua preferência musical, são sete dias de festa – que começa na terça anterior e dura até a quarta feira de cinzas – na qual você escutará absolutamente de tudo, do axé até a música clássica.

*Dicas*

Tá com a grana contada? Bom, nesse caso vale a pena ir de pipoca. Lá, você não ficará em nenhum dos blocos , que são cercados por uma corda, que é segurada pelos cordeiros. Seu lugar é no lado de fora e, teoricamente sem a segurança dos guardinhas que protegem os blocos. Dessa forma, nunca leve coisas de valor, evite locais tumultuados, não vá sozinha e, se vê que está rolando briga, se afaste. Os principais circuitos são: Barra-Ondina e Campo Grande-Osmar

“Que bom você chegou, bem vindo a Salvador!”

É válido procurar um hostel ou pousada que fique próximo ao circuito, assim você economizará no transporte e ainda ficará próximo à praia. Nessa época os locais para hospedagem costumam ficar bem caro. O legal é procurar com pelo menos seis meses de antecedência um lugar pra ficar. Se for de galera, uma boa pedida é alugar um apê ou casa, muitas pessoas alugam suas próprias casas para a galera de fora. Uma das vantagens de rachar um local é que além da maioria delas terem áreas de lazer – como piscina – , acaba saindo mais barato.

Mas se você conseguiu comprar o abadá – passaporte pro lado de dentro dos blocos – cuidado na hora de buscar: muita gente costuma ficar de olho pra poder te roubar. Detalhe: cada abadá é exclusivo do seu bloco. Ah, e não se esquece de comer coisas leves e beber muita água! Se não está acostumada com o tempero forte, da uma maneirada.

Mas, se você não é fã de tumulto, sem problemas, afinal de contas estamos na Bahia! Cercada por ilhas e uma região metropolitana que abrange inúmeras praias, é possível passar o carnaval curtindo sombra, mar e água fresca. Um dos maiores e principais meio de transporte para as ilhas é o ferry boat – e que transporta até teu carro – que sai do porto de Salvador, que fica ali na cidade baixa.

A praia do Forte, localizada na região metropolitana, e onde se encontra o projeto Tamar, é um dos pontos mais visitados durante o feriado, tanto por pessoas que vão passar apenas um final de semana quanto por aqueles que escolhem o vilarejo para passar o período. Lá tem muitos hotéis e pousadas, nas quais acontecem diversas festas e passeios.

Costa do Sauípe também é ponto de encontro de diversas tribos, nacionais e internacionais. O vilarejo litorâneo, que fica no município de Mata de São João, é conhecido pela sofisticação atrelada à simplicidade. Embora esteja distante da folia da capital, no local ocorre o que pode ser chamado de carnaval particular, uma folia dedicada aos visitantes da região.

E ai, animada para passar algum carnaval na Bahia?

Paulistas x Cariocas: o vídeo!

Nunca contei aqui, mas entre 2008 e 2011 (ou menos, talvez!) eu tive um blog, já deletado. Ainda era uma mera estudante de jornalismo e quis me aventurar na parte da escrita, mas nada muito profissional. Dava na telha de escrever um assunto X, abrir o blogspot e tcharan. Post novinho. Escrever o texto, sem lead, sem saber se o feedback era ok, sem pensar. Aprendi muito que vocês nem imaginam!

1240631_10151834447093901_585803596_n

Nós duas no RiR/2013

E entre tantas coisas bacanas que a internet proporciona foi nesse momento também que veio as amizades. E a primeira, sem dúvida foi a Camilla, que também tinha um blog. Era 2009, o momento era conturbado pra mim. Ela, terminando a faculdade, também de jornalismo. Eu, na metade e sem saber que rumo tomar. Emails e mais emails trocados quase que diariamente. Sim, meus caros. O whatsapp nem tinha dado as caras por aqui.

O tempo passou, nos conhecemos pessoalmente e ficamos mais unidas. Rimos, bebemos, brincamos e nos entendemos pelo olhar já, mesmo com pouca convivência. A Cá é daquelas amigas loucas que embarcam na suas maluquices e teorias sem te julgar! Dividimos nosso amor pelo ator Marco Pigossi, olha! Somos fãs de novelas antigas e até já temos o projeto de escrever a nossa a quatro mãos.

Até que resolvi largar minha vida em 2014 aqui no Rio e passar uma temporada pra fazer um curso lá em São Paulo, cidade em que a Camilla vive. E quem estava comigo, na mesma sala de aula? A Camilla, claro! Tanto ela quanto a família e os amigos me receberam super bem.

10262023_10152095627226434_590237997995634787_n

Aniversário da Cá – SP, 2014

E foi entre uma aula e outra sobre o que a gente ama – o Jornalismo Feminino -que o mosquitinho do blog picou nós duas novamente e o cantinho dela – o Fik Dik – nasceu poucos meses antes do Entre Nós. E desde o comecinho do ano, a Camilla resolveu se aventurar no mundo dos vlogs! Metida que sou, quando soube que ela iria passar no começo do mês um findi aqui em terras cariocas, fui bem direta: ‘Quero participar do seu canal!”. E como deu pra perceber lá no título, o tema foi beem bacana: falamos – e muito! – as diferenças que existem entre os Paulistas (Camilla) e Cariocas (Eu, Natália).

Espero que vocês curtam e se divirtam tanto quanto nós duas curtimos gravar! E aquilo que vocês já sabem: dá o like e se inscreva no canal. Quem sabe, um dia, não me animo para fazer um canal meu também. Só dar play no vídeo abaixo:

Aperta o Play: Sandy, no Meu Canto

Que eu sou fã da Sandy não é nenhuma novidade aqui no blog, não é? No final de maio eu fui – depois de uns dois anos de ‘seca’ – no novo show dela e ano passado, me aventurei no SuperStar só por causa da Sandy. E quem acompanha a vida da cantora sabe que no fim de junho, mais precisamente 24 de junho, chegou às lojas o seu mais novo trabalho, o DVD “Meu Canto”, gravado em Niterói, no estado do Rio de Janeiro, no mês de novembro.

Sandy, que tem mais de vinte anos de carreira, trouxe nesse novo álbum um mix: releituras de canções dos tempos de dupla e dos seus dois trabalhos anteriores. Além disso, cinco inéditas. E é sobre delas que eu vou falar no Aperta o Play de hoje! Confere só!

Meu Canto

Essa é mais uma intro (que é seguida de “Sim”) que a cantora compôs e que deu nome ao show e ao álbum. Em entrevista, Sandy afirmou que ‘Meu canto’ tem sentido duplo: o ato de cantar e que ela queria levar aos seus fãs uma parte do seu canto.

“Seja bem-vindo. Entre sem bater
Sem julgar, sem tentar entender”

Salto

Quem acompanha desde sempre a trajetória da Sandy, vai reconhecer que nessa música que ela compôs junto com o marido, é praticamente uma declaração de amor pra ele. Inclusive, ela afirma isso tanto no making off quanto no show!

“Me decifra e me traduz, nas minhas sombras você vê a luz. Você sabe tudo, e tudo bem.
O que eu sou de verdade.E só presa a você.Eu me sinto em liberdade.”

Cantiga para Luciana.

Malz aê, San! Te amo e sou fã, mas essa música me dá um sooonooo.. Acho chata e cansativa. Mesmo assim, ela a desenvolve com uma maestria tamanha. Apesar de não ser tão inédita assim, é a primeira vez que ela coloca em um show dela. A canção é uma homenagem ao seu avô, Zé do Rancho, uma das suas maiores inspirações.

“Nasceu na paz de um beija-flor. Em verso em voz de amor
Já desponta aos olhos da manhã. Pedaços de uma vida”

Me Espera. (ft. Tiago Iorc)

Gente! É sério, essa é uma das melhores músicas que ela gravou! Tanto que ela escolheu pra divulgar o trabalho e ta bombando nas rádios e programas de televisão.  Junto com o Lucas e o próprio Tiago Iorc, Sandy conseguiu reunir boa melodia, letra suave e sintonia na parceria com o Tiago em uma só canção! Isso sem contar do clipe, que é maravilhoso.

“Tenta me reconhecer no temporal. Me espera.
Tenta não se acostumar. Eu volto já. Me espera”

Colidiu

Basta a gente ouvir as primeiras frases da música pra saber que essa é mais uma declaração pro seu marido, Lucas que escreveu junto com a Sandy. Daquelas que é ótima pra gente mandar pro boy, sabe? Animadinha, dá vontade de sair dançando quando cozinha, quando ta se arrumando.

“Você não era o homem dos meus sonhos. Porque enfim faltava imaginação
Reescreve a minha história com sorrisos. Transforma o meu silêncio em canção”

Respirar

Lembra que falei lá no começo que a Sandy participou como jurada do programa SuperStar? Em um dos episódios ela propôs pro vocalista da banda Reverse, Daniel Lopes, que gostaria de compor com ele. E não é que esse pedido foi atendido? Essa música também foi a primeira a ser divulgada, antes mesmo da gravação em novembro em um show teaser da cantora. Fala de como aproveitar mais a vida, sabe? Amo também, ta favorita e já sei todinha.

“Voos podem ser mais altos. Frases podem ser mais belas
Hoje eu vou gritar mais forte a sorte que a gente tem. De ser feliz sem ser refém”

Low Pow x No Poo: Entenda.

bele

Vai, confessa. Você é daquelas que o shampoo só é bom quando ele faz muita espuma? E, que isso é sinônimo de limpeza, certo? Mas você sabia que esse ritual é um dos maiores danos que podemos causar no nosso cabelo? E é esse o principio das técnicas Low e No. Antes de mais nada, precisamos entender a diferença entre os dois.Os dois procedimentos foram concebidos e patenteados pela Lorraine Massey, cabelereira cacheada e autora do bestseller Curl Girl e fundadora da marca Deva Curl

Do inglês, ‘Low poo‘ pode ser traduzido como ‘Pouco shampoo’ enquanto ‘No Poo‘ significa ‘Nenhum Shampoo’. Essas duas técnicas tem como único objetivo simples: diminuir o uso desses produtos. E os motivos são bem básicos: O nosso couro cabeludo possui uma oleosidade natural e própria. E a maioria dos shampoos contêm uma substância chamada sulfato. O mais presente na maioria dos produtos é o Lauril Sulfato de Sódio.

É ele o responsável pela espuminha nossa de cada lavada que eu citei lá no começo do texto. Ele resseca, de acordo com especialistas, os fios além de retirar a gordura e provocar um ressecamento no couro cabeludo. Por isso, o ideal é dar preferência para shampoos que não possuam esse produto na sua fórmula. Tradução: tem que dar uma olhada na composição química na hora de escolher.

Conversei com algumas meninas que fazem uso da técnica e elas me deram as seguintes dicas:

Antes de começar esse novo processo, é necessário que se lave uma última vez seus cabelos com o shampoo que tenha o tal do sulfato proibido.

Você pode terminar os seus shampos e condicionadores antes de comprar os novos. E não se preocupe que há produtos para todos os bolsos!

Outros produtos que usamos no cabelo (condicionador, creme de pentear, leave-in, máscaras) não podem conter os seguintes elementos: Petrolatum/Petrolato, Mineral Oil/Óleo Mineral, Paraffinum Liquidum/Parafina Líquida. Esses produtos só são retirados dos fios com o sulfato.

Tem que ter paciência mesmo para procurar e combinar os produtos que não tenham essas substâncias, caso contrário, o ‘tratamento’ não funciona.

O resultado começa a aparecer em média, depois de um mês de início.

Existe um cronograma de hidratação, nutrição e reconstrução que servem para dar aquela ajudinha básica nessa nova fase capilar.

E você, é adepto a alguma técnica? Conta para gente aqui nos comentários! Em breve pretendo dar início ao ‘Low Poo’ e conto aqui o que achei.

Anota aê: Cupcake da Páscoa

Uma coisa é certa: Páscoa sem chocolate é o mesmo que queijo sem goiabada, avião sem asa! E pra isso, eu recrutei o meu querido amigo and confeiteiro André Ferreira, que tem um blog (que já falei aqui!), o Adorável Vida Saudável.

Pedi pra ele preparar algo especial e exclusivo para nós, para a data e também para inaugurar uma nova tag aqui, o “Anota aê”. Vou trazer toda semana uma receita nova e super prática para gente. Pega o caderno e o lápis e vamos anotar o Cupcake da Páscoa! Ah, e o vídeo te ensinando como preparar, tá nesse link aqui.

cupcake_de_pascoa_01

Ingredientes da Massa:

100g de manteiga sem sal
2 xícaras de chá de açúcar
2 ovos
1/2 colher de sopa de essência de baunilha
1/4 de colher de sopa de sal
1/2 xícara de chá de leite
1/2 colher de sopa de fermento em pó

 

 


 

Preparo da massa:

1. Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até ficar tudo esbranquiçado.

2. Acrescente os ovos, um a um, batendo sem parar. Adicione a baunilha, o sal e continue.

3. Coloque o leite, aos poucos, intercalando com a farinha de trigo.

4. Pare de bater e acrescente o fermento em pó, misturando com uma colher. Distribua a massa em forminhas para mini cupcakes, preenchendo 3/4 delas.

5. Asse em forno pré aquecido a 180º por, aproximadamente, 20 minutos.


Ingredientes do buttercream de leite ninho:

200g de manteiga sem sal

3 colheres de sopa de açúcar

1/2 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite sem soro

1/2 lata de leite ninho


Preparo do buttercream:

1. Bata a manteiga com o açúcar até obter um creme liso.

2. Acrescente o leite condensado e continue batendo.

3. Adicione o creme de leite e, por último, o leite ninho (aos poucos) batendo sempre.

4. Leve à geladeira para que a cobertura ganhe consistência.


cupcake_de_pascoa_02

Montagem do cupcake:

1. Com os bolinhos já assados, faça um furo no meio deles e recheie com geleia, brigadeiro, ganache ou qualquer outro recheio de sua preferência.

2. Utilize o buttercream de leite Ninho já gelado e faça duas voltas, de cima para baixo, nos minu cupcakes. Eu utilizei o bico para confeitar “Pitanga Reto”, da Wilton.

3. Enfeite com uma mini cenoura feita de pasta americana (tem tutorial dela no vídeo).

Chega logo, feriado!

A contagem começa hoje! Daqui uma semana, tem o esperado por muitos o feriado da Semana Santa. São três – em alguns lugares, quinta feira já começa! – dias de descanso, dá para aproveitar bastante não é? E se você faz parte da turma que não vai viajar, separei quatro sugestões para quem ainda não pensou em nada.

Finalmente começar aquela série…

.. e terminar a primeira temporada em um dia! Podem até me chamar de louca, mas vamos combinar que algumas séries andam bem curtinhas. É para fazer maratona mesmo. Então deixa a preguiça de lado, prepara o lanchinho e se joga no sofá e dá o play. No Netflix tem umas opções boas, como o Fuller House, How to get away with murder, Unbreakble Kimmy Smith! Todas com no máximo quinze episódios!

Beauty Day

Tire ao menos um dia para se dar ao luxo de cuidar de você. E se a grana ta curta, faça os tratamentos em casa mesmo! Depilação, hidratar os cabelos, fazer a unha. O importante é terminar o feriadão renovada (e mais bonita, claro!)

Atualizar as suas leituras

Se você é do tipo pirada por leitura e tem uma pilha pra ler (Oi, prazer!). Escolhe aquele livro que você ta adiando há meses e se joga na história!

Reunir os amigos.

Como é feriado e teoricamente ninguém trabalha, que tal juntar a galera para uma tarde animada de comida e jogos? Assim, dá para colocar o papo em dia. Por mais que você fale com seus amigos quase todos os dias por causa de redes sociais, nada melhor do que o encontro ao vivo, né?

Sua pele no verão

Olhou seu calendário? Estamos quase em novembro. E, se piscar, dezembro tá ai e além das festas de fim de ano, temos também a chegada do verão. E isso quer dizer que uma sucessão de dias mais quentes, e com isso, a nossa pele fica mais exposta ao sol. Seja na praia ou na piscina ou até mesmo na saída do trabalho, o importante é prevenir.

Durante essa época, o cuidado precisa ser redobrados, já que a nossa pele fica bem maltratada com uma aparência um tanto quanto ressecada. Escolhi dar quatro dicas no post de hoje para você passar pela estação mais quente do ano do melhor jeito!

Aplique filtro solar. SEMPRE

E isso não é papo de texto do Pedro Bial, não. O filtro solar é bem importante. Ele protege a nossa pele contra os efeitos ultravioletas. Recomendação? De 3 em 3 horas e, de preferência, cerca de 20 minutos antes da exposição ao sol.

Sol, pero no mucho

Infelizmente, a notícia não é muito bacana para aqueles que como eu, adoram tostar ao sol. Dermatologistas recomendam evitar o astro rei entre o período de 10 até as 16 horas, como forma de prevenção de queimaduras solares! Ou seja, praia só pela manhã ou no fim da tarde

Hidratação nunca é demais

Ao sair do banho pós praia ou pós piscina, o ideal é aplicar um hidratante pelo corpo. O creme ajuda a manter a pele saudável..

Beber água é fundamental

Sim, o ideal é que não só durante o verão, mas durante o ano todo cerca de 2 até 3 litros de água durante o dia, para que possamos hidratar a nossa pele, além de outros benefícios

Isabela Capeto e C&A

moda

Vamos combinar? Ninguém sabe fazer parceria como a rede de lojas C&A. A mais nova parceria – a quarta só esse ano – é com a marca Isabela Capeto e dessa vez a novidade fica por conta das roupas que serve tanto para nós, adultas quanto para a criançada!

Essa é a terceira edição da estilista carioca para a fast fashion (já rolou parceria das duas em 2009 e 2010!) e ela traz pras araras, peças inspiradas em jardins lúdicos e muita estampa de flor. Com cores que vão do coral ao branco e muito jeans, a collection vem com regatas, jardineiras (must have do último verão!), bermudas e regatas, no maior estilo carioca de se vestir.

Ao total, a coleção que chegou nas lojas no último dia 22 de setembro, conta com 12 peças e os preços são a partir de R$ 60. Vale lembrar que já rolou só esse ano parceria com a NKStore, com a Lollita e com a celeb internacional Kim Kardashian.

#TemQueLer: Bendita Cuca

Eu sou bem fã mesmo desses blogs que são só textos e mais textos. Crônica pura. Dá uma inspiração, uma leveza e principalmente, uma identificação forte com algum trecho. O de hoje, é o “Bendita Cuca”, cuja dona é a Samantha Silvany.

Sem título

E esse topo? Lindo! ❤

A Samantha conta que resolveu criar o blog para “conseguir suportar a convivência consigo mesma. Ou para um tratamento psicológico gratuito. Ou os dois.” Os textos são aqueles bem tapa na cara, bem aquilo que a amiga te avisa. Uhum. Bem isso mesmo. De pegar aquele vinho e se deliciar o dia todo.

Eu não vou permitir que faça isso de novo e chegue de mansinho trazendo no bolso o sossego que eu perdi da última vez que o vi sair pela porta. Você não sabe por quantas noites desejei que isso acontecesse, nem sabe que todas às vezes que meu celular vibrava, eu só queria que fosse você. Você não imagina de quantas saídas eu tive que me desvencilhar e como meu coração disparava toda vez que uma foto sua surgia na timeline do meu Facebook.

O blog tem um pouco mais de dois anos – foi criado em abril de 2013 – e conta com colaboradores.Curtiu e quer saber mais? Acesse aqui : Bendita Cuca

insta

facebook

Dúvidas sobre o make? Não mais!

bele

Semana passada, decidi fazer um post explicando as diferenças entre BB, CC e DD Cream e acabando com todas as dúvidas, lembram? Conversando com algumas amigas, percebi que ainda rolam algumas perguntas quando o assunto é: make! Por exemplo, qual a diferença entre base e primer? Foi pensando nisso que resolvi pesquisar e explicar direitinho para que serve cada item básico de toda produção.

Base

O nome já diz, né? Ela serve principalmente para uniformizar nossa pele e o tom antes do make. Deve ser aplicada depois do hidratante ou protetor solar e usado com um pincel bem macio. Entre as várias marcas, eu gosto muito da Intense, da Boticário.

Primer

Mais um produto que seeempre rola uma dúvida entre nós, mulheres e é o primeiro a ser aplicado. Antes de tudo, ele existe em três versões: pra pele, pros olhos e para a boca. O primeiro (pele) serve para hidratar, proteger e fechar os poros. Isso ajuda a diminuir a oleosidade e faz teu make durar mais. Já o para os olhos, tem como objetivo evitar que a sombra borre e ajuda a dar mais pigmentação para a cor escolhida. E o da boca, é para hidratar os lábios, porém não garante que o batom fique por muito tempo e vem em forma de bastão

Corretivo

Sua função principal é disfarçar e clarear olheiras e outras imperfeições da nossa pele (manchas, sardas, sinais e cicatrizes. Ele pode vir na forma de bastão, lápis, creme ou líquido. Também pode ser colorido, que tem múltiplas funções e bem já falei deles aqui

Pó compacto

Nós usamos o pó sempre depois da base e do corretivo. Ele serve para dar uma uniformizada na nossa pele, não deixar um aspecto de muito brilho e fixar toda o make. Cuidado ao passar o pó, para não parecer que usou demais e ficar com o rosto branco demais.

Espalhe o amor: Projeto Love it Forward

Existe coisa mais legal do que fazer o bem e ainda de bom coração? Não, né? Bom, recentemente uma amiga me mandou um link de um projeto bem bacana, chamado “Love It Forward”, ou algo como “amor para frente”. O projeto surgiu assim: Carolina Areas e seu filho resolveram espalhar mensagens positivas pelo mundo escritas em.. pedras por onde passa! A atitude colou e muita gente passou a fazer o mesmo, com o nome #wordrocks.

Depois de tamanha repercussão, Carol achou que era hora de ir além. Foi quando surgiu o “LIF”. A ideia é simples e bastante generosa: Enviar palavras de amor, encorajamento e força para quem precisa. Parece pouco, mas quem passa por um momento delicado, algumas palavras de conforto ajudam e muito!

Começou nos Estados Unidos, porém pessoas de outros lugares começaram a aderir. Você entra para uma lista, recebe a situação em que algumas pessoas se encontram e então, envia para elas algumas palavras de apoio ou até mesmo um gesto de carinho. Lindo, né?

Olha o que a autora do projeto fala: Neste mundo em que se digita mais do que se escreve, o poder de um envelope recheado de palavras amorosas é incrível. Imagina, então, quando são vários?! Um cartão, uma carta, um poema, um desenho, uma foto, uma lembrança… É tão fácil doar amor!”

E o processo é mais fácil do que se possa imaginar. Ao saber que uma pessoa precisa de um auxílio, Carol aciona a lista e quem puder fazer ajudar, ajuda. Ficou interessada? Mande um e-mail para loveitforwardlist@gmail.com e no título #Love It Forward.

Seis motivos para amar o inverno!

Há quem ame. E também tem a turma dos que detestam. Eu faço parte do time que não suportam o inverno e sofrem com ele. Uhum. Já estamos na metade da estação, agora que o ‘bicho pega’. Tá na hora de tirar as botas, galochas, luvas, jaquetas, gorros e cachecóis do fundo do armário e sofrer nesse frio (já falei que não curto, né? Entããão)…

Porém, como tudo na vida, há sim o seu lado bom e existem algumas coisas que no inverno é bem melhor de se fazer. Preparei uma lista com seis coisas que só o inverno nos proporciona. Quer saber quais são? Continue lendo o post de hoje

Podemos nos esbaldar nas festas juninas!

Uma das maravilhas da vida, na minha opinião, é comer. E é justamente no inverno que encontramos as festas juninas, que a gente se joga SIM (e com muito prazer, obrigada) nos quitutes que parece que só comer nessa época: canjica, pé de moleque, sopas, paçoca… é meter o pé na jaca total! E já que o lema é comer..

Fondue!

Imagine que no verão, seus amigos marcam de se encontrar para comerem fondue. Visualizou? Estômago já revirou, não? Fondue é aquele guloseima que é muito melhor de se aproveitar quando o tempo tá mais friozinho…

Li-qui-da-ção

É nessa época também que conseguimos renovar nosso guarda roupa do verão: maiôs, biquínis, vestidos leves e sandálias estão na maior parte das vezes com metade do preço. Hora de dar uma passada nas araras mais escondidas, não é

Melhorar condicionamento físico

Tudo bem, sabemos o quanto o humor e a vontade de ir a academia caem quando levantamos e o tempo pede cama. Mas você sabia que é nas temperaturas mais baixas que nossa musculatura fica mais rígida e nosso corpo rende mais. Isso sem contar que não rola suor, né?

Se jogar no look pijama + pantufa

Nesse frio, a pedida é desfilar pela casa nos dias de folga com um bom pijamão. Tem coisa melhor do que isso? Junta ainda com um par de pantufas fofas e é pura

Make sempre impecável.

Quem não sai de casa sem ao menos ter no rosto a dupla base + rímel comemora essa estação, já que por não ter calor, as chances do make escorrer são nulas!!

#TemQueLer: A terapia de Alice

Tá chegando agora no blog? Sim? Então deixa eu te avisar: toda quarta, eu tento indicar aqui um blog ou um livro que eu tenha adorado. É a nossa #TemQueLer. Pois é isso: tem que ler mesmo. Depois de muito procurar, achei esse blog, que eu apresento para vocês hoje.

Se tem uma coisa que eu curto – e muito – são os blogs que tem crônicas. Uhum. Muito mais que só falam de looks, tendências da moda, beleza. Sempre tento procurar e pedir indicações para os amigos e eles já sabendo disso, volta e meia rola uma recomendação. E também vou caçando daqui e acolá. Foi assim que descobri mais um blog para indicar aqui:  A Terapia de Alice”. Ele é daqueles bem delícias que a gente vicia já no texto de prima. E indica pra amiga, pro chefe, pra vizinha, aqui…

“A terapia” surgiu segundo as quatro fundadoras – sim! São em quatro! Milene, Mylena, Natália e Priscila  – de que elas acharam de compartilhar informações e principalmente: falar, algo que to-da mulher ama! Essas quatro amigas, curitibanas, falam sobre tudo no blog: relacionamento, comportamento, culinária, música, beleza. Enfim, assunto para qualquer tipo de mulher.

“Ela é assim: sorriso contagiante, olhos compreensivos e um coração sempre pronto para acolher o seu. É alguém em quem você pode confiar. Os cabelos dela são um charme quando caem no rosto, mesmo assim ela prefere prender para trás – questão de praticidade. Mas quando o assunto em questão é você, ela não sabe ser nada prática, muito menos racional.”

O layout do site é daqueles beeem clean, suave, do jeito que eu adoro e sem aquelas 1001 dificuldades pra achar sobre certo assunto. E o melhor, existe versão mobile. Algo que me dá muitas alegrias, pois acabo vendo – como muita gente – no celular.

As Quatro Alices: Milene, Mylena, Natália e Priscila

O blog existe desde abril de 2014 (ou seja, tem um pouco mais de um ano) e já é sucesso, são cerca de 40 mil curtidas no facebook e mais de 8 mil de seguidores no instagram.

Quer saber mais sobre “A Terapia de Alice” ? Clica aqui para poder seguir todas as redes sociais dele!

instafacebookyttt