Especial Verão: cuidado com os cabelos

bele

Lembra que semana passada eu falei sobre as etapas do cronograma capilar? Bom, o papo hoje é sobre o cuidado que a gente precisa ter com os fios durante essa época. Os dias quentes e as constantes idas à praia e na piscina que tem areia, sal e cloro exigem uma preocupação mais específicos com os nossos cabelos. Para isso, alguns passos são necessários e é isso que eu falo no post de hoje.

Água neles!

Sempre que possível, jogue água corrente para enxaguar sempre que sair do mar ou da piscina. Isso serve para retirar os resíduos como cloro e sal que atrapalham os fios.

Couro cabeludo limpo

No verão, por ter dias mais quentes que o normal, é comum a gente suar mais. E isso reflete na nossa cabeça. Logo, com o couro cabeludo sempre que possível limpo, evita o aparecimento de seborreia e caspa.

Hidratar, sempre

O ar costuma ficar com uma maior umidade nessa época, o contato direto com mar e piscina costumam ressecar os fios. Aposte nas ampolas de efeito rápido

Ao Natural

Aproveite essa época do ano para dar um descanso pras suas madeixas! Tente evitar o uso de secador e de chapinha, usando para os dias mais especiais. O cabelo agradece!

 

Tudo sobre cronograma capilar

Verão sim e no outro também e só temos uma certeza além do calor: o tanto de danificado que nosso cabelo fica. É piscina, é praia, é suor. Junta o fato de que muita gente aproveita fim de um ano e começo do próximo pra tirar férias e então bye, cabelos bonitos.

Bom, é ai que entra um negócio que anda bombando entre a mulherada: o cronograma capilar. Nunca ouviu falar? Além disso, outro beneficio dessa tabela é pra quem deseja transitar do cabelo alisado para o natural. Tá no lugar certo e continua a ler esse post que tem t-u-d-o direitinho.

Especialistas afirmam que antes de tudo é necessário criar uma rotina de cuidados com o intuito de recuperar os fios danificados e deixa-los mais saudáveis.

A cada lavagem, um produto específico é usado e ele vai repor os componentes que as suas madeixas precisam. O tratamento é feito em três partes: hidratação, nutrição e reconstrução, durante um mês, três dias na semana.

 

A hidratação serve para repor a água na nossa fibra capilar, com produtos como aloe e vera, frutas, glicerinas e vitaminas. Já a nutrição é a responsável por renovar a oleosidade dos fios. Os seus produtos são aqueles que possuem óleo de argan, tutano e similares.

E, finalmente a reconstrução é pra restaurar a proteína capilar. Pra essa etapa, é importante saber também: ela é recomendada aos cabelos extremamente danificados com química. As suas máscaras são compostas por queratina, colágeno e creatina

Toda etapa deve ser feita em um intervalo de pelo menos 48 horas entre elas, evitando que o cabelo fique bem pesado. Outra coisa importante que a gente pre-ci-sa levar em conta é jamais lavar os cabelos com água quente, a maior responsável por aumentar a oleosidade.

Verão sim e no outro também e só temos uma certeza além do calor: o tanto de danificado que nosso cabelo fica. É piscina, é praia, é suor. Junta o fato de que muita gente aproveita fim de um ano e começo do próximo pra tirar férias e então bye, cabelos bonitos.

Bom, é ai que entra um negócio que anda bombando entre a mulherada: o cronograma capilar. Nunca ouviu falar? Além disso, outro beneficio dessa tabela é pra quem deseja transitar do cabelo alisado para o natural. Tá no lugar certo e continua a ler esse post que tem t-u-d-o direitinho.

Especialistas afirmam que antes de tudo é necessário criar uma rotina de cuidados com o intuito de recuperar os fios danificados e deixa-los mais saudáveis.

A cada lavagem, um produto específico é usado e ele vai repor os componentes que as suas madeixas precisam. O tratamento é feito em três partes: hidratação, nutrição e reconstrução, durante um mês, três dias na semana.

A hidratação serve para repor a água na nossa fibra capilar, com produtos como aloe e vera, frutas, glicerinas e vitaminas. Já a nutrição é a responsável por renovar a oleosidade dos fios. Os seus produtos são aqueles que possuem óleo de argan, tutano e similares.

E, finalmente a reconstrução é pra restaurar a proteína capilar. Pra essa etapa, é importante saber também: ela é recomendada aos cabelos extremamente danificados com química. As suas máscaras são compostas por queratina, colágeno e creatina

Toda etapa deve ser feita em um intervalo de pelo menos 48 horas entre elas, evitando que o cabelo fique bem pesado. Outra coisa importante que a gente pre-ci-sa levar em conta é jamais lavar os cabelos com água quente, a maior responsável por aumentar a oleosidade.

Aqui, uma tabela do cronograma pra cada tipo de cabelo. Eu quero tentar assim que der. E você, já tentou algo? Conta aqui nos comentários pra mim!

Resenha: Batons da Quem disse, Berenice?

Sou daquelas que é fã de produtos bons e com preços coerentes. E apesar de gostar muito quando a pauta é beleza, não sou das mais aficionadas, sabe? Tanto que fiquei um pouco ressabiada quando pensei no post de hoje. Como passar a minha impressão da melhor forma possível? Que, acima de tudo, agradasse a quem lê aqui de uma forma clara e objetiva.

IMG_20160722_224921_204

Tenho apenas dois batons da marca “Quem disse, Berenice?”, o Rosareu e o Vevê e ambos eu ganhei na promoção (que amo, aliás!) que eles fazem todo ano no dia do beijo, em abril.

O primeiro que eu ganhei foi o Rosareu, ano passado (2015) e desde então eu ando usando muito ele. Lembro que no dia da escolha, precisei ser rápida, porque tinha uma amiga me esperando para um compromisso então já na fila de espera olhei pra listagem e falei: ‘é esse!’ E não me arrependi.

De um tom rosado, ele é bem do jeito que gosto: discreto e bonito. Cremoso, fixa bem no lábio e a sua cor não chama muito a atenção. É perfeito para quando a gente quer ousar no olho na make e quer um batom bonito, sabe? Outra coisa bem bacana que a gente encontra nos produtos da marca é que eles têm FPS 12! A duração também é ótima, entre duas e três horas.

IMG_20160722_224508_533

E esse ano, com mais calma, pude demorar mais. O da vez foi o Vevê. Mas antes preciso comentar que sempre torci o nariz, no melhor nível preconceito mesmo por batons da cor vermelho. Mas com esse, me encantei. De verdade. Pois apesar de tudo, ele não te deixa com uma boca meio Bozo!

Mesmo sendo vermelho, é mais brilhoso. É forte, sim. Mas nada tão chamativo quanto os vermelhos de outras marcas, entende? É ideal pra uma make mais de noite, quando a gente pode e deve ousar. Dura o mesmo tempo que o outro e também tem o FPS12!

IMG_20160722_224020_107

Tenho ainda uma lista da marca pra comprar, porque eles são muito bons mesmo. E você, tem algum produto da QDB? Escreve pra gente aqui nos comentários.

Cuidando do cabelo no inverno

bele

Já parou pra ver o quanto nosso cabelo fica danificado quando o inverno chega? Isso acontece, graças aos intermináveis banhos bem quentes – e se você consegue burlar isso, parabéns! – que tomamos nesse período. A água em temperatura alta costuma retirar o óleo natural do nosso couro cabeludo, cujo objetivo é proteger e lubrificar nossos fios.

Além disso, gorros e chapéus durante essa época ajudam no surgimento de fungos e bactérias, e que causa a queda dos fios. Para melhorar a situação dos seus cabelos, presta atenção nas dicas do post de hoje.

Nem mais, nem menos.

Parece cruel, mas água fervendo na hora do banho é prejudicial – e muito – para nosso cabelo. Ela irrita o couro cabeludo e leva a uma maior produção de oleosidade. Resultado: seborreia e caspa podem aparecer nessa época. O ideal é fazer uso da água morna, além de massagear o couro cabeludo, pois ativa a circulação melhorando a oxigenação dos fios.

Saiba escolher direitinho o que usar

Não importa a estação – o cuidado deve ser em qualquer época do ano, ok? –o ideal é escolher um shampoo e condicionador que se adapte ao seu cabelo. Se quiser fazer uma mudança radical nas suas madeixas, eu explico aqui as técnicas e diferenças entre  No-Poo e Low-Poo.

Hidratação, sempre

Esquece esse papo que hidratação é só lá no verão, ok?  Mesmo nessa época, o recomendado é que o cabelo seja hidratado pelo menos a cada quinze dias. Ela ajuda a manter o brilho e maciez dos seus fios. Outro método usado é a máscara de fios, que oferece uma aparência mais sedosa.

Resenha: The Colossal Volum Express

bele

Ano passado, mais ou menos nessa época – ou antes, não lembro- , a Maybelline fez uma promoção bem bacana: você convidava dez amigas e tinha direito a um cupom que te dava uma máscara de cílios da marca. É o vulgo rímel, em um bom português. Eu, que estava querendo um bom, não perdi meu tempo e me cadastrei.

O produto em questão era a máscara de cílios/rímel “The Colossal Volum Express”, com tecnologia ‘Super Filme’. E posso falar, não vivo sem mais e já estou sofrendo pois sinto que ele já passou da metade. A fórmula é apresentada da seguinte maneira:

“O Rímel Colossal Super Filme Maybelline preto é ideal para valorizar os olhos! Com uma fórmula que envolve melhor os cílios e os alonga ainda mais, você vai ficar incrível! A super novidade é que ela pode ser removida completamente apenas com água morna. Diga adeus ao efeito panda!”

Minha opinião:

Yes, nós temos volumão. Sim, o efeito é maravilhoso. Tanto que as vezes eu saio só com ele e um batom. Os cílios realmente ficam com um baita volume, do jeitinho que eu curto já que nunca fui fã dos postiços.

Antes e Depois do Rímel

Antes e Depois do Rímel

Ela faz a diferença sim, como eu não tinha visto antes. Em poucas pinceladas, o Colossal se tornou meu queridinho e melhor amigo na hora que eu preciso dar um up no make, mas não quero ousar muito, saca?

aed1

Antes & Depois

Como nem tudo são flores, há os contras. O grande problema dele é na hora da remoção. Como a ideia é que ele dure 24 horas e sem borrar ele só sai quando você lava com água morna e precisa esfregar. Testei com aqueles lenços para remover e sai só o minimo possível.

Isso ocorre graças a uma tecnologia chamada “tubo” que envolve os fios um a um e forma um filme removível (dai o nome!). E sim, é bem chatinho de tirar. Você pode chorar, suar, esfregar os olhos e até dormir com ele que não vai rolar o efeitinho banda, sabe?

Minha nota: 5/5

(imagens: Google e Arquivo Pessoal)

Low Pow x No Poo: Entenda.

bele

Vai, confessa. Você é daquelas que o shampoo só é bom quando ele faz muita espuma? E, que isso é sinônimo de limpeza, certo? Mas você sabia que esse ritual é um dos maiores danos que podemos causar no nosso cabelo? E é esse o principio das técnicas Low e No. Antes de mais nada, precisamos entender a diferença entre os dois.Os dois procedimentos foram concebidos e patenteados pela Lorraine Massey, cabelereira cacheada e autora do bestseller Curl Girl e fundadora da marca Deva Curl

Do inglês, ‘Low poo‘ pode ser traduzido como ‘Pouco shampoo’ enquanto ‘No Poo‘ significa ‘Nenhum Shampoo’. Essas duas técnicas tem como único objetivo simples: diminuir o uso desses produtos. E os motivos são bem básicos: O nosso couro cabeludo possui uma oleosidade natural e própria. E a maioria dos shampoos contêm uma substância chamada sulfato. O mais presente na maioria dos produtos é o Lauril Sulfato de Sódio.

É ele o responsável pela espuminha nossa de cada lavada que eu citei lá no começo do texto. Ele resseca, de acordo com especialistas, os fios além de retirar a gordura e provocar um ressecamento no couro cabeludo. Por isso, o ideal é dar preferência para shampoos que não possuam esse produto na sua fórmula. Tradução: tem que dar uma olhada na composição química na hora de escolher.

Conversei com algumas meninas que fazem uso da técnica e elas me deram as seguintes dicas:

Antes de começar esse novo processo, é necessário que se lave uma última vez seus cabelos com o shampoo que tenha o tal do sulfato proibido.

Você pode terminar os seus shampos e condicionadores antes de comprar os novos. E não se preocupe que há produtos para todos os bolsos!

Outros produtos que usamos no cabelo (condicionador, creme de pentear, leave-in, máscaras) não podem conter os seguintes elementos: Petrolatum/Petrolato, Mineral Oil/Óleo Mineral, Paraffinum Liquidum/Parafina Líquida. Esses produtos só são retirados dos fios com o sulfato.

Tem que ter paciência mesmo para procurar e combinar os produtos que não tenham essas substâncias, caso contrário, o ‘tratamento’ não funciona.

O resultado começa a aparecer em média, depois de um mês de início.

Existe um cronograma de hidratação, nutrição e reconstrução que servem para dar aquela ajudinha básica nessa nova fase capilar.

E você, é adepto a alguma técnica? Conta para gente aqui nos comentários! Em breve pretendo dar início ao ‘Low Poo’ e conto aqui o que achei.

Esmalte em spray. Será que dá certo?

bele

Preciso confessar por aqui: sou uma negação quando o assunto é fazer as minhas próprias unhas. E, qual foi a minha surpresa com a novidade que pipocou no mundo beauty desde semana passada: o spray que é esmalte lançado pela marca britânica Nails.

O que isso significa? Para começar, suas unhas – que devem estar com base – ficam pintadas em no máximo 10 minutos. O procedimento é rápido e simples: com o spray, a uma distância de alguns centímetros é só passar nas unhas. Depois disso é só passar um pano úmido nos dedos ou lavar as mãos.

Passo a passo do procedimento. Achou fácil?

Pra conseguir um efeito duradouro, é legal passar depois um extra brilho ou fixador. O produto, ainda não foi lançado – mas tem pré venda aqui – e sem previsão de entrega aqui no Brasil. O spray custa cerca de 10 libras (algo em torno de 56 reais) e a embalagem é de 50 mililitros.

Com apenas duas cores, a ‘Shoreditch lane’ – em tom de prata – e a ‘Hoxton market’ – tom de rosa claro, a marca traz a it girl Alexa Chung como a garota propaganda. E você, curtiu a novidade?

Sua pele no verão

Olhou seu calendário? Estamos quase em novembro. E, se piscar, dezembro tá ai e além das festas de fim de ano, temos também a chegada do verão. E isso quer dizer que uma sucessão de dias mais quentes, e com isso, a nossa pele fica mais exposta ao sol. Seja na praia ou na piscina ou até mesmo na saída do trabalho, o importante é prevenir.

Durante essa época, o cuidado precisa ser redobrados, já que a nossa pele fica bem maltratada com uma aparência um tanto quanto ressecada. Escolhi dar quatro dicas no post de hoje para você passar pela estação mais quente do ano do melhor jeito!

Aplique filtro solar. SEMPRE

E isso não é papo de texto do Pedro Bial, não. O filtro solar é bem importante. Ele protege a nossa pele contra os efeitos ultravioletas. Recomendação? De 3 em 3 horas e, de preferência, cerca de 20 minutos antes da exposição ao sol.

Sol, pero no mucho

Infelizmente, a notícia não é muito bacana para aqueles que como eu, adoram tostar ao sol. Dermatologistas recomendam evitar o astro rei entre o período de 10 até as 16 horas, como forma de prevenção de queimaduras solares! Ou seja, praia só pela manhã ou no fim da tarde

Hidratação nunca é demais

Ao sair do banho pós praia ou pós piscina, o ideal é aplicar um hidratante pelo corpo. O creme ajuda a manter a pele saudável..

Beber água é fundamental

Sim, o ideal é que não só durante o verão, mas durante o ano todo cerca de 2 até 3 litros de água durante o dia, para que possamos hidratar a nossa pele, além de outros benefícios

Dúvidas sobre o make? Não mais!

bele

Semana passada, decidi fazer um post explicando as diferenças entre BB, CC e DD Cream e acabando com todas as dúvidas, lembram? Conversando com algumas amigas, percebi que ainda rolam algumas perguntas quando o assunto é: make! Por exemplo, qual a diferença entre base e primer? Foi pensando nisso que resolvi pesquisar e explicar direitinho para que serve cada item básico de toda produção.

Base

O nome já diz, né? Ela serve principalmente para uniformizar nossa pele e o tom antes do make. Deve ser aplicada depois do hidratante ou protetor solar e usado com um pincel bem macio. Entre as várias marcas, eu gosto muito da Intense, da Boticário.

Primer

Mais um produto que seeempre rola uma dúvida entre nós, mulheres e é o primeiro a ser aplicado. Antes de tudo, ele existe em três versões: pra pele, pros olhos e para a boca. O primeiro (pele) serve para hidratar, proteger e fechar os poros. Isso ajuda a diminuir a oleosidade e faz teu make durar mais. Já o para os olhos, tem como objetivo evitar que a sombra borre e ajuda a dar mais pigmentação para a cor escolhida. E o da boca, é para hidratar os lábios, porém não garante que o batom fique por muito tempo e vem em forma de bastão

Corretivo

Sua função principal é disfarçar e clarear olheiras e outras imperfeições da nossa pele (manchas, sardas, sinais e cicatrizes. Ele pode vir na forma de bastão, lápis, creme ou líquido. Também pode ser colorido, que tem múltiplas funções e bem já falei deles aqui

Pó compacto

Nós usamos o pó sempre depois da base e do corretivo. Ele serve para dar uma uniformizada na nossa pele, não deixar um aspecto de muito brilho e fixar toda o make. Cuidado ao passar o pó, para não parecer que usou demais e ficar com o rosto branco demais.

As siglas da beleza

bele
A gama de produtos de cosméticos vem crescendo a cada dia. É um tanto de creme, batom, rímel diferente que a cada semana chega aos mercados consumidores e que, tem mil e uma funções. O must have do momento são três siglas: BB Cream, CC Cream e DD Cream. Recentemente, até um novo chamado DD Cream. Claro que muitas dúvidas rolam sobre os três, mas eu fui atrás de detalhes para explicar tudo e acabar com todas as suas (e minhas também!) perguntas.

Traduzindo, a grosso modo, são três cremes com múltiplas funções. O BB Cream – Beauty Balm/Blemish Balm – tem como função proteger e hidratar a nossa pele para receber o resto do make e fator FPS. Seu efeito é similar ao de uma base e de um primer (já que possui um pouco de cor), já que uniformiza a pele, clareia manchas, disfarça linhas e oferece hidratação. Se sua pele é das que tem tantas imperfeições, vá de BB Cream.

Já o CC Cream – Color Correcting -, além de ter acumular as funções do BB Cream, ele é também anti-idade, agente clareador e é antioxidante. Fora isso, ele foi desenvolvido para neutralizar imperfeições como palidez e vermelhidão. Ideal para quem tem pele mista e oleosa.

E o DD Cream? Bom, esse – Daily Defense Cream – reúne todas as funções existentes tanto no BB quanto no CC e ainda é autobronzeador e é recomendado que seja usado no corpo, ao invés do rosto, já que sua formula é pesada.


Quer saber tudo que é postado aqui? Que tal curtir a nossa página no facebook (www.facebook.com.br/entrenosoblog) e seguir a gente no instagram (@entrenosoblog)?

Colorama, Giovanna e a nova coleção

bele

Quem acompanha o mundo fashion, com certeza ficou de surpresa com a novidade que a Colorama anunciou na última segunda, 27 de julho. Para a sua nova coleção de esmaltes, eles fizeram uma parceria com a atriz Giovanna Antonelli, chamada de #EuColorAmo.

Com onze novas cores, traz na sua coleção cores vivas e puras e segundo a marca, refletem muito na personalidade da Gio. Além disso, eles afirmam que o esmalte traz para as nossas unhas um acabamento matte imediato.

Quem conhece um pouco a atriz, seja na vida pessoal ou na profissional, vai conseguir entender os motivos que levaram aos nomes que deram a cada cor: Postando, Tagarelando, Arrasando, Sensualizando, Eletrizando, Estilizando, Mimando, Preguiçando, Modernizando, Purpurinando e Cobertura Fosca.

Todos eles contam com a tecnologia 5free, ou seja, livre de cinco produtos que causam alergia e já são dermatologicamente testados. A Colorama sempre inova quando o assunto são as suas coleções de esmaltes. Ano passado, eles lançaram uma cujo os nomes eram inspirados em algumas vilãs das novelas.

Para quem não lembra, essa não é a primeira vez que a atriz se envolve com assuntos relacionados ao mundo da beleza, mas precisamente dos esmaltes. Em 2014, enquanto fazia a personagem Clara, da novela das nove “Em Família”, Giovanna fez sucesso ao aparecer com o famoso esmalte azul “Frio na Barriga” e que fazia parte da sua coleção com a Hits Speciallità.

Seis motivos para amar o inverno!

Há quem ame. E também tem a turma dos que detestam. Eu faço parte do time que não suportam o inverno e sofrem com ele. Uhum. Já estamos na metade da estação, agora que o ‘bicho pega’. Tá na hora de tirar as botas, galochas, luvas, jaquetas, gorros e cachecóis do fundo do armário e sofrer nesse frio (já falei que não curto, né? Entããão)…

Porém, como tudo na vida, há sim o seu lado bom e existem algumas coisas que no inverno é bem melhor de se fazer. Preparei uma lista com seis coisas que só o inverno nos proporciona. Quer saber quais são? Continue lendo o post de hoje

Podemos nos esbaldar nas festas juninas!

Uma das maravilhas da vida, na minha opinião, é comer. E é justamente no inverno que encontramos as festas juninas, que a gente se joga SIM (e com muito prazer, obrigada) nos quitutes que parece que só comer nessa época: canjica, pé de moleque, sopas, paçoca… é meter o pé na jaca total! E já que o lema é comer..

Fondue!

Imagine que no verão, seus amigos marcam de se encontrar para comerem fondue. Visualizou? Estômago já revirou, não? Fondue é aquele guloseima que é muito melhor de se aproveitar quando o tempo tá mais friozinho…

Li-qui-da-ção

É nessa época também que conseguimos renovar nosso guarda roupa do verão: maiôs, biquínis, vestidos leves e sandálias estão na maior parte das vezes com metade do preço. Hora de dar uma passada nas araras mais escondidas, não é

Melhorar condicionamento físico

Tudo bem, sabemos o quanto o humor e a vontade de ir a academia caem quando levantamos e o tempo pede cama. Mas você sabia que é nas temperaturas mais baixas que nossa musculatura fica mais rígida e nosso corpo rende mais. Isso sem contar que não rola suor, né?

Se jogar no look pijama + pantufa

Nesse frio, a pedida é desfilar pela casa nos dias de folga com um bom pijamão. Tem coisa melhor do que isso? Junta ainda com um par de pantufas fofas e é pura

Make sempre impecável.

Quem não sai de casa sem ao menos ter no rosto a dupla base + rímel comemora essa estação, já que por não ter calor, as chances do make escorrer são nulas!!

Inverno + pele hidratada

Ontem demos o pontapé inicial na estação mais fria do ano: o inverno. Essa época é a mais favorável para que a nossa pele fique mais ressecada por conta das temperaturas mais baixas. Para isso não acontecer é importante tomar alguns cuidados, vamos saber quais são?

Evitar banho quente

Sim, péssima notícia ainda mais para quem é viciado em banho quente, como eu. O que ocorre é o seguinte: quando demoramos no banho e ainda mais ele sendo quente, a temperatura alta da agua acaba tirando a oleosidade natural da nossa pele

Use bastante hidratante

E, de preferência depois do banho. Motivos? Aquele vapor que fica – e que embaça o espelho – é ideal para uma melhor aderência do creme na nossa pele.

Lábios também precisam ser hidratados.

Pois é, nessa época do ano, os nossos lábios costumam rachar mais, logo.. a boa e velha manteiga de cacau neles! É importante cuidar deles, pois com o frio rachaduras aparecem e com isso, podem causar fissuras e lesões, sendo uma porta de entrada para bactérias.

Filtro solar, sempre

Uhum, como diria o velho Bial: use filtro solar diariamente. Alguns devem pensar que pela ausência do calor, isso não é necessário. O que é errado já que os raios UVA e UVB estão lá. Isso sem falar na poluição e no ar frio, não é?

De uma atenção especial para certas áreas

Além dos lábios, outras duas partes – joelho e cotovelos – costumam ficar mais rachadas que o normal nessa época do ano. São áreas mais sensíveis, pois possuem um número menor de glândulas sebáceas. Sem a proteção necessária, a rachadura e o escurecimento aparece mais rápido. Tente usar hidratantes específicos para essas regiões do corpo, os que contem ureia ou com óleo de amêndoa

#100: Anos 2000, eu vivi!

Pode parecer estranho – e de certa forma é – mas já tem quinze anos que os anos 2000 bateram à nossa porta. Clichê, mas parece ontem. Eu, que tinha quase 14 anos na época, começava uma nova fase: novo colégio, novas amizades que duram até hoje. Mas você lembra o que acontecia no mundo nessa época?

O atentado do 11/09 ainda não tinha acontecido e o único reality show era o “No Limite”, aquele programa que a gente tinha um certo nojinho, mas adorava a adrenalina, já que o BBB só apareceu nas nossas telas dois anos depois.

O que passava na nossa telinha no ano 2000: Nova fase da Malhação, começo da onda de Reality Show e uma das cenas mais emocionantes da história, em Laços de Família.

O que passava na nossa telinha no ano 2000: Nova fase da Malhação, começo da onda de Reality Show e uma das cenas mais emocionantes da história, em Laços de Família.

Ainda na nossa televisão, suspirávamos com o romance de Catarina e Petruchio, em “O Cravo e a Rosa” e sofríamos ao ver a Carolina Dieckmann chorar ao ficar careca na novela “Laços de Família”, uma das minhas preferidas do Maneco. Para os jovens, a nova Malhação começava a mudar seu formato: de academia com pessoas fitness, o retrato passou a ser o adolescente e a família.

Hoje em dia para escutar alguma música, basta conectar ou no Spotify ou na ITunes. Ou em uma playlist no Youtube. Mas nos anos 2000, ouvir boa música era sinônimo de: disc-man + inúmeras pilhas e uma caixa com seus CDs favoritos (poucos sabiam criar novos Cds). Ah, e para descobrir aquela música que você ouviu na rádio e queria saber quem cantava. Esquece, era um drama, pois muitas vezes… eles não falavam o nome muito menos quem cantou!

Para falar com alguém, hoje basta mandar um whatsapp. Ou até um SMS. Só que nos ano 2000, a nossa comunicação era feita por… telefone! Estranho, não é? Nos colégios, os papos rendiam pelos bilhetes trocados durante aquelas aulas super maçantes e que nós morríamos de medo que o professor acabasse pegando! #fail

Máquina fotográfica de filme, disc-man, celular que tinha o jogo da cobrinha: Quem nunca teve isso?

Máquina fotográfica de filme, disc-man, celular que tinha o jogo da cobrinha: Quem nunca teve isso?

Hoje, cada mergulho é um flash e em questão de segundos você consegue ver a foto tirada. Mas você lembra que para isso acontecer, precisava terminar o filme de 12, 24 ou 36 poses e ainda por cima torcer para que não queimasse ou a foto ficasse legal? As máquinas digitais foram ficar famosas só lá no final dos anos 2002 e era artigo de luxo. Em 2015, são poucos os celulares que não tem uma câmera digital.

E eles, aah, eles! Os celulares nos anos 2000. Aposto que o seu aparelho de hoje faz tudo: internet, tira foto, acessa conta, manda whatsapp, posta foto no instagram. Mas há 15 anos, o máximo que conseguíamos fazer era além de jogar o jogo da cobrinha, fazer ligações! E também era artigo de luxo. Estranho, né?

musicPor falar em música, você lembra quem bombava nas rádios nesse ano? Era a época que o pop adolescente se tornou beeem visado por conta das boys bands. Ou seja, Backstreet Boys, NSync, Five. Tinhamos também a princesinha do pop, Britney Spears, Christina Aguilera e as garotas do Spice Girls’. Dos artistas tupiniquins, a gente pode colocar nessa lista Sandy e Júnior, que estreavam um seriado e tinham um hit atrás do outro. A Wanessa (ex-Camargo) era outra artista que bombava na época.

Aquele momento vergonha ao perceber que você usou ao menos uma dessas coisas.

Aquele momento vergonha ao perceber que você usou ao menos uma dessas coisas.

E na moda? O que bombava há 15 anos? Aquele momento que você morre de vergonha alhia. Lembra não? Pra começar, aquelas gargantilhas trançadas, que eu, particularmente, achava um horror! Outra coisa que também fazia a cabeça da mulherada eram aquelas tatoos de strass. Perfeitinho para as adolescentes. Essa achava fofo, mas hoje, apenas não! Outra coisa que fazia a cabeça literalmente de nós, mulheres eram os lenços, que usávamos no melhor estilo piratinha. Nos pés, o que não podia faltar eram aqueles tamancos de borracha. Estabanada como sou, tive um só por motivos que torcia fácil o pé.

Rede social então, era utopia. Aliás, você se imaginava postando na web o lugar que estava, o que ia comer, o look do dia para todo mundo saber? Esquece. Para felicidade da nação, isso ainda não existia. O finado Orkut só apareceu uns quatro anos depois.

E você, qual a lembrança que tem desse ano?

Como limpar o seu pincel

Recentemente, a notícia que uma jovem australiana de 27 anos tinha ficado paraplégica ao usar emprestado o pincel de make da amiga, chocou a todo mundo. Por conta de uma infecção grave, Jo Gilchrist, que sempre usou emprestado a maquiagem da amiga, talvez nunca mais volte a andar. E sabia que a limpeza dos pincéis é bem fácil?

A primeira coisa a se saber é: seus pincéis são de cerdas ou fios naturais? O primeiro é mais usado para sombra, blush e pó. Já o segundo, usamos mais para base, batom e corretivo.

Para a limpeza, você nem vai precisar gastar muito, pode ser feito com produtos que você tem em casa. Olha como é fácil:

1 – Sabonete + água:

Aquele velho clichê, mas que é pura verdade: sabonete e água limpam tudo. Com o pincel sujo, passe ele no sabonete fazendo movimentos leves. Em seguida, mergulhe no pote de água. Vai repetindo até que você passe as cerdas em um papel toalha e e ele não fique sujo.

2 – Detergente + esponja

Um outro modo de limpar seus ajudantes na hora do make é com outro kit básico: esponja e detergente. Com uma gota na parte amarelinha, pressione as cerdas até que a sujeira pare de sair. Caso seja necessário, molhe um pouco o pincel e repita o procedimento.

3- Shampoo e condicionador infantil

Pois é, pode parecer estranho, mas é uma outra opção para limpar seus pincéis. Coloque um pouco de shampoo na sua mão e vá passando as cerdas com movimento vai e vem, até você perceber que foi feita espuma. Enxague até você perceber que o pincel está limpo. O shampoo pode ser substituído pelo condicionador.

Deixe seus pincéis secarem em cima de um papel toalha, longe do sol, por cerca de oito horas. Viu, é bem fácil e prático. Agora com essas dicas, nada de pegar emprestado nem que seja bem rapidinho o pincel da bff, ok?