Momento retrô

Já imaginou se você quer falar com o boy, mas para isso precisa ligar para casa dele. Se eu surtei e esqueci que existem outras formas de comunicação? Não! Mas há bem pouco tempo, o único meio da gente falar com alguém era fazendo uma ligação para a casa da pessoa. Esquece WhatsApp, Messenger e Facetime. Uhum. Mas não foi só isso que mudou nos últimos anos. Outras coisas mudaram e muito. Quer saber o que? Então segura a onda de nostalgia e vamos nessa.

– Fotos? Só as reveladas

Hoje é bem fácil e prático, não é? Conseguimos tirar milhares de fotos e escolhemos aquela que a gente se acha mais linda e postamos logo no instagram, facebook e afins. Mas até os anos 2000, para saber como ia ficar as fotos, o lance era comprar um filme (12, 24 ou 36 poses) e esperar terminar tudo para poder revelar.  E isso podia levar um dia só ou meses, dependendo do evento e das comemorações. E depois, o comum era montar… um álbum de fotografias. Não aquele de rede social, mas o físico mesmo!

– Cartas = Correios

Esquece whatsapp e até email para poder falar com o amigo, reclamar com alguma empresa, comprar alguma coisa. Para qualquer forma de conseguir se comunicar coam outro ser humano longe o suficiente de você, o único meio era… carta! E era tão bom esperar durante as férias aquele envelope contendo todas as novidades do seu amigo que só de lembrar, uma lágrima rola. Caso de amor total!

– Telefone era usado também para falar

Pode parecer estranho e novo, mas esse seu smarthphone que faz mil e uma coisas também serve para… fazer ligações. E antes deles, quando não existia mensagem de voz e ligações no whatsapp, o telefone era o melhor modo da gente se comunicar quando queria falar com alguém.

As fitas K7 e as playlists

Sou do tempo que sempre que queria descobrir o nome de uma música que tocava na rádio, a gente precisava ficar atento para que o radialista revelasse no final do bloco. Hoje, basta você jogar o trecho no Google e voilá! O mesmo esquema servia para gente conseguir ouvir infinitamente: era só colocar a fita K7 no gravador, esperar O momento e apertar o REC e ai iriamos ter várias playlists. Emoção pura! Era praticamente o avô do spotify!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s