#TemQueLer: Samantha Sweet, executiva do lar

Tenho uma lista de autoras preferidas na vida. E a Sophie Kinsella é certamente uma delas. Acredito que já li todas as publicações dela no Brasil e gostei de todas. Para quem não está ligando o nome a pessoa, ela é autora da série Becky Bloom #voltaBecky.

 Sinopse: Meu nome é Samantha, tenho 29 anos. Nunca assei um pão na vida. Não sei pregar botão. O que sei é reestruturar um contrato financeiro e economizar 30 milhões de libras para meu cliente.
Samantha Sweet é uma advogada poderosa em Londres. Trabalha dia e noite, não tem vida social e só se preocupa em ser aceita como a nova sócia do escritório. Ela está acostumada a trabalhar sob pressão, sentindo a adrenalina correr pelas veias. Até que um dia… comete uma grande mancada. Um erro tão gigantesco que pode destruir sua carreira. Samantha desmorona, foge do escritório, entra no primeiro trem que vê e vai parar no meio do nada. Ao pedir informação em uma linda mansão, é confundida com uma candidata a doméstica e lhe oferecem o emprego. Os patrões não fazem idéia de que contrataram uma advogada formada em Cambridge, com QI de 158, e que não tem a menor noção de como ligar um forno! O caos se instala quando Samantha luta com a máquina de lavar… a tábua de passar roupa… e tenta fazer cordon bleu para o jantar… Mas talvez não seja tão incapaz como doméstica quanto imagina. Talvez, com alguma ajuda, ela possa até fingir. Será que seus patrões descobrirão que sua empregada é de fato uma advogada de alto nível? Será que a antiga vida de Samantha irá alcançá-la? E, mesmo se isso acontecer, será que ela vai querer de volta? A história de uma mulher que precisa diminuir o ritmo. Encontrar-se. Apaixonar-se. E descobrir para que serve um ferro de passar..

Autora: Sophie Kinsella

Editora:  Record

Número de páginas: 572


Samantha é daquele tipo workholic e tem um único objetivo na vida: se tornar sócia do escritório de advocacia. Além disso, ela não tem vida social e vive 24 horas do seu dia para o trabalho. Tem a vida, que digamos, pediu a Deus. Mas mesmo assim, se sente solitária . Quando, sem querer, comete um erro grave de bilhões para o escritório em que trabalha, ela entra em choque e surta completamente. Pega um trem e com a roupa do corpo acaba parando na casa de uma família classe média alta que a confundem com a candidata a empregada. Para quem não sabia nem ferver água, Samantha passa por poucas e boas. Na marra, aprende a cozinhar, a arrumar a casa. E ela amadurece. Começa a perceber que existe uma vida bem legal sim, fora do escritório. No melhor gênero Sophie Kinsella de ser, claro que a protagonista não podia deixar de viver um novo amor e ser atrapalhada. Para quem gosta do estilo chick lit, pode colocar na lista, garantias de gargalhadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s