Adeus, orkut.

Amanhã, sem dúvida,será uma data especial para os amantes das redes sociais. Por que? Chega ao fim, no dia 30 de setembro, o Orkut. Criado em 24 de janeiro de 2004, o Orkut, desde 2011 veio perdendo usuários para outras plataformas como Twitter, Instagram e Facebook. Anunciada seu término no dia 30 de junho desse ano, a rede social chegou a ter mais de 30 milhões de usuários brasileiros. Eu já deletei o meu há muito tempo, bem antes de publicarem o seu fim. Vamos relembrar as coisas mais legais que só o Orkut teve?

Vou sentir saudades, Orkut. #RIPOrkut

Vou sentir saudades, Orkut. #RIPOrkut

 

1. Fãs, Ser sexy e Confiável:

Quanto você era confiável, sexy e legal?

Quanto você era confiável, sexy e legal?

Quem foi que disse que só artista pode ter fã? E que só o seu namorado ou namorada poderia te achar sexy? Que nada. Nada mais legal do que entrar e descobrir um novo fã (afinal, #fãéfã) ou que você tinha um coração a mais, ou seja, mais um que te achava sexy. E o gelinhos representavam o quanto você era confiável.

2. As comunidades:

Saudades, comunidades insanas.

Saudades, comunidades insanas.

Sem sombra de dúvidas, a parte mais legal do Orkut. Costumo dizer que aquilo conseguia definir muito a identidade de um indivíduo, né? Com elas você conseguia descobrir muito sobre alguém, que tipo de música, filme e atitude a pessoa tinha. Fora a criatividade das pessoas ao criarem algumas, né? No Facebook, no máximo que a gente consegue ver é quando alguém curte alguma página. Mas não é a mesma coisa, eu acho.

3. Scraps (ou recados):

Teve gente que apagava scrap, teve gente que só ‘add se deixasse scrap’, teve gente que queria era sempre mais. O fato é que meu coração pulava sempre que eu acessava meu Orkut e via que tinha recadinho novo de alguém.

4. Buddy Poke:

<3

Antes de Candy Crush e Song Pop bombarem e encherem o , o Orkut inovava com esse joguinho em que você criava um bonequinho parecido (ou não!) com você e podia mandar flores, abraços apertados, aperto de mão, apostar corrida e outras coisas mais com o bonequinho do amigo.

5. Depoimentos:

Essa era a hora mais legal de você entrar no orkut! Encontrar algum depoimento de algum amigo ou namorado se declarando e falando que você é a pessoa mais fofa do mundo? Fora que você também podia dizer o quanto gostava daquela pessoa para todo mundo ver. Bom foi mesmo quando as pessoas descobriram que poderiam mandar coisas que não queriam que ninguém visse,  já que era necessário que a pessoa aceitasse antes. O problema era quando a pessoa clicava em aceitar sem querer. Ainda bem que hoje tem inbox. Valeu, Mark!

6. Limite de 12 fotos.

Sim, no começo da rede só era possível a publicação de 12 fotinhos. Já deu aflição por não poder postar todas aquelas que você tirou na festa? Ou seja, tinha que escolher bem e colocar só as mais especiais.

 

Agora, Orkut será nada mais do que uma lembrança na nossa mente tecnológica e #1 quando alguém fizer uma retrospectiva das redes sociais. E você, do que tem lembrança ou vai sentir mais falta ?

 

 

 

Anúncios

14 comentários sobre “Adeus, orkut.

    • Tenho certo trauma com MSN. hahahahaaha.. acho que cada rede social tem os seus prós e contras. O Orkut é bom (ou era), o Facebook também.
      Beijos e volte sempre. 🙂

      Curtir

  1. Acho que o Orkut nos encorajava a mostrar quem verdadeiramente somos, através das comunidades, lidando com humor com coisas que ninguém gosta de assumir no Face tipo “eu odeio trabalhar, odeio acordar cedo, amo fast food”. O Facebook trouxe outro comportamento, meio “glamourizado”, onde todo mundo quer competir quem é mais lindo/perfeito/mais viaja/é mais amado. rsrsrs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s